Atendimento odontológico é implantado nas UTIs Covid-19 para evitar agravamento da doença

Os procedimentos odontológicos são realizados para evitar que infecções bucais agravem o quadro clínico do paciente

O serviço de saúde bucal passou a integrar a estrutura médica para tratamento dos pacientes internados em UTIs Covid-19, na rede municipal de saúde. Os procedimentos odontológicos são realizados para evitar que infecções bucais agravem o quadro clínico do paciente. O serviço teve início na UPA Zona Sul e será estendido para o Hospital Municipal, unidade referência para o internamento de pessoas com Covid-19.

Segundo a gerente de Saúde Bucal da Secretaria Municipal de Saúde, Maria Paula Botelho, o tratamento odontológico será realizado em todos os pacientes internados nas UTIs Covid-19. “Avaliamos a saúde bucal do paciente para entender qual procedimento é preciso realizar e, dessa forma, evitar que focos de bactérias e micro-organismos possam ser aspirados para o pulmão ou corrente sanguínea e complicar o quadro do paciente intubado ou com traqueostomia”, afirma Maria Paula.

Entre os serviços realizados estão a limpeza bucal, restauração, curativos, extrações e outros. O atendimento será realizado diariamente em período integral. A equipe é formada por dentistas e auxiliares.

O secretário de Saúde, Marcelo Puzzi, ressalta que o atendimento odontológico se junta ao rol de atividades da equipe multiprofissional que atua dentro da UTI Covid-19, composta por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeuta e fonoaudiólogos.

Fonte: Diretoria de Comunicação/Siacom – Foto: Aldemir de Moraes/PMM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *