Catuaí Maringá incentiva a leitura com espaço para doações de livros

A literatura brasileira também está nas prateleiras da Livrarias Curitiba
Projeto Ler+, do Copejem, disponibiliza estante para troca e doação de materiais didáticos e literários

Projeto Ler+, do Copejem, disponibiliza estante para troca e doação de materiais didáticos e literários

O Catuaí Shopping Maringá comemora o Dia Nacional do Livro Infantil no próximo domingo, (18/4), com uma iniciativa de troca de livros entre os clientes.

Em um dos corredores paralelos do shopping, próximo à loja Richards, está reservado um espaço com uma estante, onde os clientes podem doar ou realizar a troca de um livro por outro.

A ação é integrada ao projeto Ler+, viabilizado pelo Copejem (Conselho Permanente de Jovem Empresário de Maringá). Além do shopping, outros locais da cidade com a estante disponível para doações são a sede da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim), na rua Basílio Sautchuk, 388 – Centro, e o Terminal Intermodal de Maringá, no Novo Centro.

Segundo a coordenadora do projeto, Larissa Tsukuda, os livros são destinados a diversas instituições, porém as entregas foram interrompidas no ano passado por conta da pandemia. “Retomamos as doações presenciais neste ano na Lins de Vasconcellos e também na Colônia Penal e Industrial de Maringá, onde há pessoas em regime semiaberto”, conta.

A intenção do projeto Ler+ é estimular o hábito da leitura em todos os públicos, independentemente da renda e faixa etária, compartilhar novas histórias, conhecimentos e usar o poder da literatura para “viajar” sem sair do lugar. Outro objetivo da ação é proporcionar alívio e momentos de descontração em contraste ao cenário delicado que o mundo está atravessando.

A estante de livros do Catuaí fica disponível durante todo o mês de abril e aceita qualquer tipo de obra, desde que esteja completa e em bom estado de conservação.

Sugestões para leitura

 A Livrarias Curitiba está com promoção em algumas séries de livros direcionados ao público infanto-juvenil. É o caso da coleção com 15 volumes de “Diário de um Banana”, que está por R$ 41,90 cada edição. “Diário de uma Garota Nada Popular”, a versão protagonizada por uma menina, Nikki, também está com os 14 volumes disponíveis na loja, saindo cada unidade por R$ 49,90.

Um clássico para todas as idades, a nova edição de “O Pequeno Príncipe”, com capa dura e ilustrações com aquarela do próprio autor, está com as unidades limitadas no valor de R$ 37.

A literatura brasileira também está nas prateleiras da Livrarias Curitiba, bem representada por edições especiais de “O Menino Maluquinho” (R$ 59,90), de Ziraldo, e “Reinações de Narizinho” (R$ 64,90), de Monteiro Lobato.

Os clientes podem comprar os livros presencialmente na loja ou acionar o Assessor de Compras do shopping, pelo WhatsApp (44) 99970-3626. Não há taxas adicionais pela solicitação deste serviço. A retirada pode ser feita no mesmo dia, no Drive-thru ou Locker, ambos localizados no estacionamento, próximo à hamburgueria Johnny Rockets.

Serviço:

 O Catuaí Shopping Maringá adotou um rigoroso protocolo de segurança, com medidas de prevenção ao coronavírus, como a utilização de câmeras com sensor infravermelho capazes de identificar se uma ou mais pessoas ao mesmo tempo estão com febre, tapete higienizador de calçados nas entradas, automatização das cancelas do estacionamento para evitar acionamento manual, disponibilização de totens com álcool gel em pontos estratégicos e reforço na limpeza diária com água ozonizada.

Fonte: Elton Telles/pg1com – Fotos: Divulgação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *