Expo Pet promove a alegria para todas as idades na 48ª Expoingá

Exposição de animais, alguns exóticos, atrai a atenção de uma legião de crianças, jovens e adultos

Expo Pet promove a alegria para todas as idades na 48ª ExpoingáUm dos pontos mais movimentados das edições da Expoingá é a Exposição de Pequenos Animais (Expo Pet). Crianças, jovens e adultos circulam pelo Centro de Eventos Um para verem, conhecerem e tocarem gatos, cachorros, aves, peixes, coelhos, e até lhamas, originárias dos Andes.

Na 48ª Exposição Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá, e 25ª Internacional, o público pode entrar em contato com cerca de 1.400 pássaros ornamentais, cerca de mil deles canários; cinco lhamas da fazenda da Unicesumar; e se apaixonarem por filhotes das mais variadas raças de animais de estimação, algumas exóticas.

Uma delas é o gato-de-bengala, ou bengal, que tem pelagem semelhante à de uma onça. A raça é oriunda é do cruzamento seletivo entre gatos domésticos com gato-leopardo asiático, que habita a região do Golfo de Bengala, na Ásia.

Asas

No setor de pássaros, os visitantes encontram exemplares que custam de R$ 30 a R$ 2,5 mil. Estão expostos calopsitas, ring neck, red hump, calafates, diamantes, rosela, agapornis roseicollis, entre outros. “Rosela é o mais caro. Eles cantam muito bem e aprendem a reproduzir palavras com facilidade. A gente fala, ele repete ou responde”, explica o criador André Lourenço.

Andino

Já as lhamas, originárias dos territórios, que circundam a Cordilheira dos Andes, como Peru, Bolívia, Chile e Argentina, voltam à Expo Pet, depois de fazerem sucesso na edição anterior da Expoingá, em 2019.

Ciência

Outra novidade no Centro de Eventos UM é a Mostra de Ciências da Universidade Estadual de Maringá (UEM). São diversas estações sobre o corpo humano; fauna, com animais empalhados e esqueletos, para mostrar a estrutura deles; e outras curiosidades do universo científico.

Para a presidente da Sociedade Rural de Maringá (SRM), Maria Iraclézia de Araújo, a Expo Pet chama a atenção da família. Principalmente, das crianças pela beleza e pelo fascínio que os bichos despertam nelas. Com a Mostra de Ciências, destaca, haverá atrativos a mais para manter o local com boa circulação de público.

Fonte: Valdete São José/Assessoria de Imprensa/SRM.
Foto: Divulgação/SRM.