Instituto A. Yoshii comemora 17 anos de apoio à Guarda Mirim de Londrina

Evento em prol da instituição ocorreu no formato drive-thru e entregou 350 kits com massa e sobremesa para colaboradores, parceiros e a comunidade em geral. Parte do recurso arrecadado com a venda dos kits é direcionado à Guarda Mirim

Parte do recurso arrecadado com as vendas dos kits é direcionado à Guarda Mirim, que atende hoje cerca de 900 meninos e meninas, entre oito e 18 anos
No formato drive-thru, foram vendidos kits compostos por massa e sobremesa preparadas pelo Buffet Planalto
A transformação da realidade de muitas crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade depende de uma corrente solidária
Pelo 17º ano consecutivo, o Instituto A. Yoshii realizou no sábado (18/09), o Soul Love, um evento em prol da Guarda Mirim de Londrina. O objetivo da ação é sempre o mesmo: arrecadar recursos para a entidade. Nesta edição, isso ocorreu por meio da venda de kits compostos por massa e sobremesa preparadas especialmente pelo Buffet Planalto, ao custo de R$ 200,00. Neste ano, assim como em 2020, o evento aconteceu no formato drive-thru na Chácara Graciosa e entregou 350 kits para colaboradores, parceiros e comunidade em geral. Parte do recurso arrecadado com as vendas dos kits é direcionado à Guarda Mirim.

“O Soul Love reafirma o nosso compromisso com a educação. Todos os anos, promovemos este evento em prol da Guarda Mirim de Londrina e com a mobilização de parceiros, amigos e da sociedade em geral, conseguimos colaborar para a continuidade e ampliação desse trabalho tão importante para milhares de famílias”, explica o presidente do Instituto A.Yoshii, Aparecido Siqueira.

A transformação da realidade de muitas crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade socioeconômica depende, em grande parte, de uma corrente solidária empenhada pela sociedade civil.

A Associação Guarda Mirim foi fundada em Londrina há 56 anos e atende hoje cerca de 900 meninos e meninas, entre oito e 18 anos, por meio da Aprendizagem Profissional e do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para formação cidadã. Ao longo de sua história, passou por inúmeras dificuldades, chegando perto de encerrar as atividades no ano de 2001 devido aos problemas financeiros. A continuidade do trabalho foi possível com o apoio de toda a sociedade e a parceria de outras instituições.

A Guarda Mirim de Londrina conta hoje com cinco unidades: Central, Centro B, CSU Vila Portuguesa e nos distritos de Lerroville e Guaravera. Para 2022, a meta da entidade é criar novas oportunidades com o atendimento de mil crianças e adolescentes.

“A Guarda Mirim tem recebido o apoio do Instituto A. Yoshii há anos com eventos que nos possibilitam promover melhorias e reformas em nossa estrutura. Agradecemos a ajuda que temos recebido de todos os parceiros e esperamos que, no próximo ano, a gente possa envolver mais e mais alunos, pois acreditamos que o futuro tem que ser construído por meio do conhecimento”, destaca a presidente da Guarda Mirim, Kimiko Yoshii.

Desde 2006, o Instituto A.Yoshii promove diversas iniciativas voltadas a mulheres e jovens em situação de vulnerabilidade econômica-social, à minimização de impactos no meio ambiente e à democratização do acesso à cultura e à educação. Para saber mais sobre o Instituto acesse o site: https://www.institutoayoshii.org.br.

Sobre o Instituto A. Yoshii

Fundada em 2006, a entidade sem fins lucrativos promove ações solidárias ligadas à educação, meio ambiente e cultura, em busca de resultados com impacto social positivo. Ao longo dos 15 anos de atuação, o Instituto A. Yoshii promoveu diversas iniciativas voltadas a mulheres e jovens em situação de vulnerabilidade econômica-social, minimização de impactos no meio ambiente e democratização do acesso à cultura e educação. Em 2020, o Instituto foi reconhecido pelo quinto ano consecutivo com o Selo Sesi ODS, como uma das principais organizações que trabalham em prol dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030, da ONU. Mais informações: https://www.institutoayoshii.org.br.

Fonte: Rhanna Sarot/Central Press – Fotos: Divulgação/Instituto A.Yoshii.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *