LITERATURA – Primeiro dia da Flim tem diversidade, homenagem e Zeca Camargo

A Flim abrirá na manhã de hoje, 6 de novembro, com eventos a partir das 9h30. Porém, a solenidade de abertura será às 19h30, pouco antes da participação de Zeca Camargo.
Às 19h30, o jornalista, apresentador e escritor Zeca Camargo fala sobre "O Planeta Elza",

O primeiro dia da Festa Literária Internacional de Maringá (FLIM) 2019 é uma boa mostra sobre o tema “Conexões”. A Flim abrirá na manhã de hoje, 6 de novembro, com eventos a partir das 9h30. Porém, a solenidade de abertura será às 19h30, pouco antes da participação de Zeca Camargo. Durante o dia há palestras, contação de histórias, homenagem, lançamentos, oficinas, entre outras atividades com temas variados, relacionando diferentes aspectos do mercado literário.

O secretário de Cultura, Miguel Fernando, estará na Flim a partir das 9h de hoje para atender a imprensa.Confira a programação do primeiro dia e a programação completa da Flim 2019: http://festaliterariademaringa.com.br/

06.11 – PALESTRAS
• 09h30 – Claudio “Cacau” Mourão fala sobre “Literatura surda”. Palestra terá intérpretes Francielle Lopes e Bruno Lins, no Auditório Sertões.
• 17h00 – “Elas escrevem: mulheres e escrita”, com Thays Pretti, Maria Gil e Estela Santos. Mediação de Marília Duka, no espaço (Re)existir.
• 18h00 – “Reexistir! Estande, iniciativa e resistência”, com Claudine Lisboa, Luigi Ricciardi e Ana Favorim (mediação de Marco Hruschka), no espaço (Re)existir.
• 19h30 – O jornalista, apresentador e escritor Zeca Camargo fala sobre “O planeta Elza”, sobre a biografia que escreveu sobre a cantora Elza Soares. Mediação de Victor Simião, no Auditório Sertões.

06.11 – CONTAÇÃO
• 09h30 – Contação de histórias com Carlos Moreira, no Circo Literário.
• 10h30 – Contação de histórias com Carlos Moreira, no Circo Literário.
• 14h00 – Contação de histórias com Carlos Moreira, no Circo Literário.
• 16h00 – Contação de histórias com Carlos Moreira, no Circo Literário.

06.11 – LANÇAMENTOS
• 09h30 – “As aventuras da Fada Blue”, de Maria Aparecida Bezerra da Silva, na base de lançamentos: A Hora da Estrela.
• 14h00 – “A janela Amarela”, de Marilene Teubner, na base de lançamentos: A Hora da Estrela.
• 15h30 – “Solstício”, de Kevin Nelson e Barbára Rodrigues Costa Paulo, na base de lançamentos: A Hora da Estrela.
• 17h00 – “Para cantar o teatro: Airumã e as quatro estações” e “Para ler o teatro: As três mosqueteiras e o intruso bonachão”, Branca de Noiva, Flor do meu jardim e O Vilarejo, de Larissa Minuesa Pontes Marega, na base de lançamentos: A Hora da Estrela.
• 19h00 – “Whatsapp: a caixa preta das eleições 2018”, de Tiago Valenciano, na base de lançamentos: A Hora da Estrela.

06.11 – OUTROS
• 10h30 – Prosa poética – Troca poética, com Lucas Nunes, no espaço (Re)existir.
• 13h30 – Oficina – Escrita criativa (poesia), com Bruna Siena e Marília Duka, no espaço (Re)existir.
• 14h00 – mesa sobre a série Vaga-Lume com o tema “Literatura que ilumina”. Convidados Fabio Weintraub e Jô Duarte e mediação de Dany Fran e Kelly Shimohiro, no Auditório Sertões.
• 15h00 – Encontro com autor Danilo Furlan, no Auditório Capitu.
• 19h00 – Maria Inês Botelho (Coletâneas) VII Antologia Cultive – A efemeridade da ideia. Com coquetel. no espaço UniJore.

Fonte: Diretoria de Comunicação e Semuc – Fotos: Divulgação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *