Profissionais do Crea-PR ganham linha de crédito para período da Covid-19

Informações iniciais do Banco do Brasil indicam que as taxas serão individualizadas, levando em conta o perfil de cada profissional
O presidente em exercício do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), Engenheiro Civil Osmar Barros Júnior, elogiou a iniciativa. “Vejo com bons olhos essa medida, pois a instituições estão buscando alternativas para amparar as categorias"

As linhas especiais para o Sistema Confea foram lançadas pelo Banco do Brasil para os profissionais das Engenharias, Agronomia e Geociências

 Diante do cenário de pandemia da Covid-19, o Banco do Brasil liberou condições de créditos diferenciadas para profissionais liberais, entre eles Engenheiros, Agrônomos e profissionais das Geociências habilitados no Sistema Confea e no Crea-PR (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná).  A instituição adotou iniciativas para facilitar a vida dos profissionais seja dilatando prazos, aumentando carência e adiando as parcelas imobiliárias.

O presidente em exercício do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), Engenheiro Civil Osmar Barros Júnior, elogiou a iniciativa. “Vejo com bons olhos essa medida, pois a instituições estão buscando alternativas para amparar as categorias e nada melhor do que poder contar com o Banco do Brasil neste momento. Além de ser uma maneira de fazer a economia girar”, ponderou Barros.

Informações iniciais do Banco do Brasil indicam que as taxas serão individualizadas, levando em conta o perfil de cada profissional, cadastro, cargo/função e convênios com as empresas, para definir as condições, seguindo as normas do Banco Central.

O Banco do Brasil também anunciou que entrará em contato com os mais de 250 mil profissionais das Engenharias, Agronomia e Geociências que possuem cadastro na instituição e que podem estar precisando de assessoria financeira. Além de prazos especiais para empréstimos e condições especiais para solução de dívidas, para o atual momento, o Banco do Brasil criou três linhas de crédito com carências diferenciadas.

O BB Crédito Salário oferece de 60 a 180 dias para pagar a primeira parcela e tem ainda o “Pula parcela”, em que é possível ficar dois meses por ano sem pagamento. O BB Crédito Automático dá até 60 dias para pagar a primeira parcela; conta ainda com o “Pula parcela” de até dois meses. O BB Crédito Consignado possibilita até 180 dias para pagar a primeira parcela, conforme condições de cada convênio.

As contratações podem ser feitas pelos canais digitais do Banco do Brasil e os gerentes do BB também podem orientar em relação às soluções disponibilizadas.

Fonte: Jornalista Carina Bernardino/Savannah Comunicação
Foto: Divulgação

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *