Amusep debate ações para impulsionar o Turismo na Região

Encontro na Amusep debate ações para impulsionar o Turismo na Região
Presidente da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense - Amusep, prefeito de Ângulo, Rogério Aparecido Bernardo
Secretário Marcos Cordiolli, da Inovação, Aceleração Econômica, Turismo e Comunicação - Siacom, de Maringá
Secretário Fausto Eduardo Herradon, de Assuntos Metropolitanos e Institucionais, de Maringá.

Definir estratégias integradas e coordenadas para impulsionar a atividade turística na região noroeste do Paraná. Foi o tema central de um encontro entre o presidente da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense, prefeito de Ângulo, Rogério Aparecido Bernardo, e os secretários municipais de Maringá, Marcos Cordiolli (Inovação, Aceleração Econômica, Turismo e Comunicação – Siacom); e Fausto Eduardo Herradon (Assuntos Metropolitanos e Institucionais). A reunião ocorreu na sede da Amusep.

Segundo um estudo preliminar da Siacom, a região tem potencial para desenvolver ações nos segmentos de turismo de pesca, fósseis, rural, esportivo, religioso, gastronômico, de negócios, entre outros. A ideia é fazer um levantamento detalhado do que os municípios têm a oferecer, para traçar as linhas de atuação e elaborar os projetos de busca e atração de investimentos públicos e privados. “Temos que integrar. Ter atrações que permitam o turista circular pelos municípios, de acordo com o interesse deles”, destaca Cordiolli.

Dinamizar

 O presidente da Amusep ressalta que o Turismo é um setor que emprega muito e gera renda. Bernardo cita duas iniciativas já existentes que podem ser ampliadas. “Temos as caminhadas religiosas e o ciclismo, que reúnem milhares de fiéis e adeptos ao esporte. Os roteiros cortam vários municípios. Em cada um deles, é possível ter alguma atração a oferecer”, afirma.

Em relação ao ciclismo, Herradon informa que está em fase final de elaboração um circuito de provas pela região. Em cada etapa, os participantes ganham uma peça. Ao final, formarão uma “mandala”, como medalha por ter concluído a competição. “Esperamos, em junho ou julho, haver condições de realizar um piloto e, em seguida, promover a primeira edição. Tudo depende das condições sanitárias impostas pela pandemia”, declara.

Reunião

 No encontro ficou decidido que a Amusep vai organizar uma reunião com os responsáveis pelo setor do Turismo das 30 cidades da área de abrangência da Associação. Será na semana de 17 a 21 de maio. O tema central será mobilizar os gestores para cadastrarem os municípios no Mapa do Turismo, do Governo Federal. “Vamos fazer um passo a passo de como inscrever as prefeituras e as empresas do ramo”, explica Bernardo. Quem está no Mapa, consegue recursos do Ministério do Turismo. Hoje, apenas, três municípios estão presentes no levantamento.

Fonte: Claudio Galleti/Assessoria de Imprensa – Foto: Divulgação/Amusep;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *