Diretores do Pequeno Príncipe conhecem Hospital da Criança em Maringá

A expectativa é que o projeto atraia outras instituições de saúde do país interessadas na gestão do hospital
Diretores do Hospital Pequeno Príncipe, de Curitiba, estiveram em Maringá para conhecer o Hospital da criança.

Assim que o Hospital da Criança de Maringá estiver com as obras finalizadas e equipado, a Prefeitura Municipal vai iniciar um processo para celebrar parceria com uma instituição de saúde que possa fazer a gestão do empreendimento. Diretores do Hospital Pequeno Príncipe, de Curitiba, estiveram em Maringá para conhecer o Hospital da Criança. A expectativa é que o projeto atraia outras instituições de saúde do país interessadas na gestão.

“Ainda vamos definir como será o processo de escolha da empresa parceira”, esclareceu o vice-prefeito, Edson Scabora. O formato está sendo estudado pela Procuradoria Jurídica do Município e será discutido com a Organização Mundial da Família, ONG que é parceira no projeto. Estiveram em Maringá o diretor Corporativo, José Álvaro da Silva Carneiro, o diretor Administrativo-Financeiro, André Teixeira, e o consultor financeiro, Maury Leoncine, da  LCO Consultoria.

Durante o encontro, o secretário de Saúde de Maringá, Marcelo Puzzi, disse que, contratualmente, a Organização Mundial da Família tem que entregar o Hospital da Criança com a estrutura física finalizada e equipado, com equipe treinada. Ele acredita que, com isso, a instituição que vencer o processo de parceria, poderá iniciar a gestão do empreendimento com atendimentos de baixa complexidade e, com o tempo, atender média e alta complexidades.

José Álvaro da Silva Carneiro ressaltou que o Pequeno Príncipe já atua na gestão do Hospital Regional Infantil de Campo Largo, com 150 leitos. Segundo ele, o complexo Pequeno Príncipe é formado ainda pelo hospital César Pernetta, por uma faculdade, centro de vacinação e Instituto de Pesquisa. O hospital atende 32 especialidades médicas de média e alta complexidade, destacando-se pela excelência técnico-científica e pelo atendimento humanizado.

Fonte: Diretoria de Comunicação/Siacom – Fotos: Mileny Melo/PMM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *