Guto Silva garante que Governo do Estado tem ‘caixa’ para investir nos municípios

O presidente da Amusep, prefeito de Ângulo, Rogério Aparecido Bernardo, presidiu reunião com o Chefe da Casa Civil, Guto Silva
Guto Silva anunciou que, a partir do dia primeiro de março, o Palácio Iguaçu vai começar a liberar recursos
De acordo com o presidente da Amusep, prefeito de Ângulo, Rogério Aparecido Bernardo, a primeira reunião da gestão dele superou as expectativas. “Os prefeitos saíram otimistas e motivados"
O Governo do Paraná tem caixa para investir em projetos e na execução de obras que promovam a geração de riqueza e melhorem a qualidade de vida dos paranaenses. A frase de abertura do discurso do secretário-chefe da Casa Civil, Guto Silva, “soou semelhante à música” nos ouvidos dos 20 prefeitos de cidades da área de abrangência da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep), presentes no Auditório Hélio Moreira, no dia cinco de fevereiro, à tarde, para um encontro, exclusivo e dedicado, com o “braço direito” do governador Carlos Massa Ratinho Júnior.

Guto Silva anunciou que, a partir do dia primeiro de março, o Palácio Iguaçu vai começar a liberar os recursos destinados para atender as emendas parlamentares. Ele recomendou que os gestores municipais comecem a se articular e a procurarem os deputados estaduais para apresentar as reivindicações dos municípios deles. “Agora, para conquistar os investimentos, vocês (os prefeitos) devem estar com os projetos prontos e com as certidões negativas em dia”, alertou.

Audiências individuais

 Encerrado o encontro coletivo, o chefe da Casa Civil reservou um espaço na agenda dele para receber os 20 prefeitos em audiências individuais. Para muitos deles, em início de mandato, foi a primeira oportunidade de ter um contato com Guto Silva. “Estar mais próximo dos gestores municipais é o objetivo das nossas visitas ao interior. Ouvimos, dialogamos e indicamos caminhos para se ganhar tempo e levar mais benefícios para a população”, destacou o secretário.

‘Superou expectativas’

 De acordo com o presidente da Amusep, prefeito de Ângulo, Rogério Aparecido Bernardo, a primeira reunião da gestão dele superou as expectativas. “Os prefeitos saíram otimistas e motivados. O encontro, seguido com as audiências individuais, permitiu apresentar e encaminhar prioridades”, comentou. Ele ressaltou que todos que conversaram com o secretário receberam orientações para dar sequência no trâmite dos processos para terem os pedidos atendidos pelo Governo do Estado.

Bernardo agradeceu, também, o apoio do prefeito de Maringá, Ulisses Maia, tanto na articulação para a presença de Guto Silva na primeira reunião da Amusep quanto na logística e na cessão dos espaços para a realização do encontro e das audiências. “O Ulisses comanda a maior cidade da região, mas está, sempre, conectado com o papel da Associação e com as necessidades dos demais municípios, principalmente, os pequenos, que são a maioria”, frisou.

Coletividade

 Para o prefeito Ulisses Maia, o pensar coletivo é que engrandece e faz da Amusep uma entidade referência no Movimento Municipalista. “Nossa união fala mais alto, quando é para promover o desenvolvimento e conquistar projetos e recursos que resultem em geração de emprego e renda e no bem-estar da população”, afirmou. Ele acrescentou que a condição de protagonista desempenhada pela Associação está refletida na presença de dois deputados federais e de quatro estaduais no encontro com Guto Silva.

Prestigiaram o evento os deputados federais Ricardo Barros e Ênio Verri; e os estaduais Manoel Batista da Silva Júnior, o Doutor Batista; Paulo Rogério do Carmo, o Do Carmo; Adriano José da Silva, o Soldado Adriano; e José Aparecido Jacovós, o Delegado Jacovós. Todos se colocaram à disposição dos prefeitos para defender os interesses dos municípios da região junto os governos federal e estadual.

Fonte: Jornalista Claudio Galleti/Galleti Comunicação – Fotos: Divulgação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *