OBRAS – Prefeitura investe em construções e revitalizações de áreas de convivência

- Novo Terminal Urbano, que acrescenta um novo cartão postal à cidade, está na fase final de construção.
Projeto do Eixo Monumental contemplará o percurso entre a praça da Catedral e o Complexo da Vila Olímpica.

Você já deve ter lido ou escutado por aí a frase ′Maringá não para!′. É exatamente isso que a Prefeitura de Maringá faz: trabalhar para o bem-estar dos maringaenses e garantir que a cidade seja referência em harmonia e infraestrutura. Revitalização e construção são bons exemplos dessa preocupação. A reorganização do espaço urbano devolve ao cidadão um lugar que pertence a ele, garantindo a qualidade de vida desses moradores.

O novo Terminal Urbano, que acrescenta um novo cartão postal à cidade, está na fase final de construção. A previsão é colocá-lo em operação no início de dezembro. Estima-se que cerca de 30 mil pessoas passem pelo local todos os dias. O mezanino do terminal será conectado ao solo por escadas rolantes e elevadores. A Câmara de Vereadores aprovou lei que autoriza o município a terceirizar a ocupação dos 36 espaços comerciais existentes no térreo e andar superior do terminal.

O projeto do Eixo Monumental contemplará o percurso entre a praça da Catedral e o complexo da Vila Olímpica, com extensão de 1,87 km e área de 169 mil m², com quadras esportivas, pistas de skate, praças, ciclovia, bancos, calçadão e espaço pet. O projeto é referência dentro de sala de aula para alunos de Arquitetura e Urbanismo em universidades maringaenses. Está em fase de análise dos órgãos competentes para execução.

Muita coisa ainda será feita: as reformas das praças Farroupilha (Jardim Alvorada) e Rocha Pombo (Centro) estão em fase contratual. Já as reformas das praças Emiliano Perneta (zona 3), Todos os Santos (Teatro Reviver) e Salgado Filho (zona 8) estão em fase de aprovação. Até o final deste ano, serão 19 ′Meu Campinho′ inaugurados e mais 11 em 2020.

Fonte: Diretoria de Comunicação – Foto: Rafael Silva

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *