Operação integrada das forças de segurança apreende fiação furtada

Operação integrada das forças de segurança apreende fiação furtada
Estabelecimentos foram flagrados com fiação sem origem

As forças de segurança de Maringá realizaram mais uma ação integrada. Dessa vez foi entre a Guarda Civil Municipal (GCM), a Polícia Civil e o Núcleo de Operações com Cães (NOC) que cumpriram cinco mandados de busca e apreensão em lojas e ferros-velhos em diferentes regiões da cidade, entre a última sexta-feira (10) e segunda-feira (13). Os alvos foram ladrões e receptadores de fiação, componentes elétricos e cobre. Participaram aproximadamente 50 policiais e guardas. Três estabelecimentos foram flagrados com material sem comprovação de origem, resultando na prisão de dois comerciantes e um carro apreendido.

“A operação teve resultado bem positivo. Os comerciantes precisam se conscientizar que comprar esse tipo de material sem origem é crime. Vamos continuar com essas operações integradas para coibir o furto e a receptação”, comenta o delegado da Polícia Civil, Adão Wagner, que coordenou a operação. Ele ressalta que a polícia está mapeando lojas, ferros-velhos e até residências em que as pessoas acumulam esses materiais nos quintais adquiridos de forma ilegal.

Posteriormente, na delegacia de Polícia Civil, os materiais foram reconhecidos por representantes da Prefeitura de Maringá e companhias de telefonia, entre outros. A compra de produtos furtados, segundo o Código Penal, é receptação qualificada, com pena entre três e oito anos de prisão.

NATAL – Em junho desse ano houve uma grande operação integrada que vistoriou 16 estabelecimentos e flagrou Operação integrada das forças de segurança apreende fiação furtadavários com materiais sem comprovação de origem. Somente esse ano já foram mais de 100 casos de furtos de fiação em espaços públicos. Como escolas, ginásio de esportes, praças, entre outros. Recentemente, foi registrado furto de material da decoração natalina. “A atuação conjunta entre as forças de segurança ajuda a inibir e também solucionar esses casos de furtos que acontecem em Maringá”, comenta o secretário de Segurança Pública de Maringá, Ivan Quartaroli (foto acima).

Operação integrada das forças de segurança apreende fiação furtada
Ação integrada dá resultado em Maringá

Fonte: Andye Iore/Siacom – Foto: PC.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.