PAULO ROBERTO PEREIRA DE SOUZA – OAB e UEM ratificam história de afeto e realizações

PAULO ROBERTO PEREIRA DE SOUZA - OAB e UEM ratificam história de afeto e realizações
Advogado homenageado Paulo Roberto Pereira de Souza, ladeado (à esquerda) pelo Conselheiro Federal da OAB, Airton Molina e pela vice-presidente da seccional Paraná, Marilena Winter (eleita presidente para a próxima gestão), e pelo atual presidente da OAB Paraná, Cássio Telles

Paulo Roberto Pereira de Souza estabeleceu vínculo forte e continuado com a OAB. Tem seu nome gravado na galeria de ex-presidentes da subsecção de Maringá, na Comissão de Meio Ambiente dos Conselhos Estadual e Federal da entidade. É membro consultor da Comissão Nacional de Direito Ambiental, do Conselho Federal da OAB, do Instituto dos Advogados do Paraná e Instituto dos Advogados Brasileiros.

Seu trabalho prodigioso, a constância e efetividade na profissão, a contribuição em todos os níveis ao Direito e à coletividade foram evocados novamente no primeiro dia de dezembro deste ano, momento em que a OAB Paraná o reverenciou e a outros colegas que atingiram a marca de 45 anos de inscrição na subseção, 70 anos de idade ou 35 de contribuição.

PAULO ROBERTO PEREIRA DE SOUZA - OAB e UEM ratificam história de afeto e realizações
Atual presidente da OAB Paraná, Cássio Telles; vice-presidente da seccional Paraná, Marilena Winter (eleita presidente para a próxima gestão) e o homenageado Paulo Roberto Pereira de Souza

Laureados ouviram dos anfitriões do evento, repleto de convidados e familiares dos homenageados, palavras que referendaram a importância de terem conduzido as respectivas trajetórias em sintonia fina com as diretrizes da OAB, com a Constituição Federal e compreensão absoluta do exercício de professar o Direito embasado nos valores democráticos. “Rever e confraternizar com companheiros, parceiros de jornada, amigos, celebrar um ciclo foi, de fato, muito gratificante”, atesta Souza.

Ele exerceu a titularidade em cargos públicos governamentais no Paraná em duas ocasiões, como Secretário de Estado de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente e também como titular da pasta de Tecnologia e Desenvolvimento Econômico. É, portanto, nas entranhas do Direito Ambiental, Urbanístico, Processual Civil e Empresarial que concentra suas preferências.

PAULO ROBERTO PEREIRA DE SOUZA - OAB e UEM ratificam história de afeto e realizações
Advogado Paulo Roberto Pereira de Souza com o colega advogado José Buzato

Convocado para falar pelos colegas que como ele receberam a láurea, registra que o “sentimento de honra prevaleceu”. E arremata: “De certa forma, constatamos ali o reconhecimento de uma vida dedicada ao Direito e norteada, necessariamente, pela forma como o exercemos, lastreada em padrão elevado de credibilidade, que pode ser resumido em conduta ilibada” afirma. “Comovente e inspirador observar que este preceito guiou e orientou os colegas laureados”, acrescenta.

Obras físicas e outros projetos que a comunidade universitária reivindicava foram executados durante a passagem de Souza pela reitoria da UEM. O prédio da reitoria, a extensão do Nupélia em Porto Rico, às margens do Rio Paraná, o Instituto de Psicologia Aplicada, Creche e Instituto de Estudos Japoneses compõem um pequeno tanto dessa herança

Bacharel em Direito (UEM/1974), Mestrado em Direito (UEL/1983) e Doutorado (PUC/SP- 2000), é na própria UEM que seu histórico como docente e administrador é preservado.   De estudante a reitor da instituição (1982/86), o legado educacional de Souza para a universidade testemunha dedicação. Como professor e orientador, forneceu subsídios indispensáveis para fomentar o interesse dos alunos pelo Direito e assegurar a eles confortável espaço no mercado de trabalho.

O período da formação em Direito, os patamares seguintes na consolidação dos estudos, o exercício da cátedra e a gestão coincidiu, em boa parte, com a marcha ceifadora de direitos imposta pela ditadura militar, relata. “A resistência democrática, porém, não arrefeceu diante da repressão, opressão, perseguições, desaparecimentos e mortes dos que defendiam e se engajaram naquele esforço épico pelo retorno do Estado Democrático de Direito”, sublinha o ex-reitor.

Com a promulgação da Constituição de 1988 e os debates que a ensejaram, o Direito no Brasil ganhou o status de mensageiro e interlocutor dos anseios da sociedade, sob o manto da lei. “Vimos e participamos de uma revolução neste aspecto”, diz Souza. “Direitos do cidadão, legislação ambiental e inúmeros outros que favoreceram o processo civilizatório e a sociedade brasileira foram incorporados à nossa legislação, na esteira dos debates e da receptividade demonstrada pela população”, pontua.

PAULO ROBERTO PEREIRA DE SOUZA - OAB e UEM ratificam história de afeto e realizações
Láurea de reconhecimento concedida pela presidência da OAB Paraná

Auditórios das três Américas e Europa não prescindiram até hoje deste conhecimento genuinamente brasileiro, que tem em Souza um zeloso guardião. Universidades e entidades que orbitam em torno do Direito, muitas delas renomadas neste mundo definitivamente arredondado, distinguem Souza como voz disseminadora da cultura jurídica, ressonância inequívoca do prestigio conquistado também entre as instituições paranaenses e de outros estados da federação.

PAULO ROBERTO PEREIRA DE SOUZA - OAB e UEM ratificam história de afeto e realizações
Advogado Paulo Roberto Pereira de Souza: “Entrei habitante na UEM, saí cidadão

O princípio, o começo de tudo na carreira jurídica de Paulo Roberto Pereira de Souza cabe numa frase curta, de reconhecível simbolismo e efeito prático no exercício da advocacia e do farto repertório de profissões existentes. “Entrei habitante na UEM, saí cidadão”, e foi cunhada no momento em que concluiu o Curso de Direito na instituição. “Não se perde, delega ou se afasta desta convicção de que a cidadania é força motriz de nossas aspirações democráticas”, conclui.

Fonte: Elvio Rocha
Fotos: Vanessa Cancian/OAB.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *