PLANEJAMENTO – SePlan amplia serviços online por transparência e agilidade

Secretária da SePlan, arquiteta Bruna Barroca: melhorando atendimento com procedimentos online

A Secretaria de Planejamento de Maringá (SePlan), dará essa semana mais um importante passo para a digitalização do atendimento para comunidade e procedimentos internos. A partir de quinta-feira (9/7), estará na internet o Protocolo Online para abertura de análise de projetos. O link será disponibilizado juntamente com tutorial antes para profissionais da Construção Civil aprenderem a trabalhar no portal. “Pretendemos cada vez mais melhorar os atendimentos para população e profissionais”, considera secretária da SePlan, Bruna Barroca. “Estamos desburocratizando os processos. A meta é estender o online para toda secretaria”.

O usuário terá acesso ao trâmite de abertura do processo e após ser liberado poderá fazer downlond da guia com o número do protocolo e taxas. São dez procedimentos entre alteração de cadastro, alvarás, cancelamentos, certidões, entre outros.

É a segunda iniciativa da SePlan para trabalhar online. Primeira foi em abril, quando parte dos procedimentos deixaram de ser na Praça de Atendimento, no Paço Municipal, para serem por e-mail em prevenção ao coronavírus. Desde 16 de abril já foram 8 mil procedimentos realizados somente online.

A SePlan otimizou serviços que em alguns segmentos, como Aprovação de Implantação de Edificações, chegou a dobrar os registros: em abril desse ano foram 130,1 mil m² de edificações licenciadas, contra 61,2 mil m² em abril do ano passado. Em maio também foi quase o dobro. Esse ano foram 105,6 mil m² contra 57,5 mil m² de maio do ano passado. Entre esses procedimentos estão alvará, habite-se, regularização, entre outros.

São em torno de 7% de acréscimo de área construída a mais que no primeiro semestre do ano passado. O que significa quase 40 mil m² a mais no período.

A organização e digitalização dos trabalhos também resultaram em agilidade. Até ano passado havia casos de espera da análise de projetos levando mais de 90 dias. Hoje, tempo médio é de 15 dias, podendo ser menos em alguns casos.

 

Todas essas melhorias auxiliam no gerenciamento do trabalho, colaborando com contribuintes, profissionais do segmento, toda Construção Civil e garantindo mais eficiência no trabalho da prefeitura.

A Plataforma Protocolo Online foi totalmente desenvolvida e implantada pelo Centro de Tecnologia da Informação (CTI), da Prefeitura de Maringá.

Fonte: Diretoria de Comunicação – Foto: Mileny Melo/PMM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *