Prefeito Ulisses Maia apresenta projetos e ressalta aumento da arrecadação na abertura do Legislativo

Candidatos poderão optar pela prova presencial, que será realizada no dia 10 de fevereiro, ou por utilizar a nota do Enem (edições entre 2015 e 2019
Segundo o vice-reitor da UniCesumar, Wilson Matos Filho, a Instituição tem seguido todos os protocolos e medidas preventivas para garantir a saúde e segurança de toda a comunidade acadêmica

O prefeito de Maringá, Ulisses Maia, participou da abertura do ano Legislativo na manhã de terça-feira (2), na Câmara Municipal. O prefeito apresentou quatro projetos de lei para apreciação dos vereadores. Destaque para a iniciativa que prevê a destinação de um percentual de vagas do Programa Municipal de Bolsas de Estudos (Promube) para cotas raciais.

Outros projetos preveem a gratificação de 20% do vencimento inicial ou salário para os servidores lotados nos locais de linha de frente da pandemia; 15% para cotas raciais nos concursos públicos e indenização para famílias de servidores falecidos em decorrência da Covid-19 e que estavam na linha de frente das ações contra a pandemia.

Ulisses Maia destacou em seu pronunciamento o bom começo da nova gestão ressaltando aumento na arrecadação de impostos, como o do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). “Já colhemos resultados do trabalho da retomada da economia maringaense”, anunciou ao falar aos vereadores.

Apresentou em seguida números como estimativa de arrecadar R$ 190 milhões com IPTU esse ano. Somente em janeiro já foram R$ 130 milhões, sendo que em janeiro do ano passado foram R$ 116 milhões. O que representa estimativa de 20% de aumento na arrecadação do imposto.

O prefeito destacou também o relacionamento positivo da administração municipal com os vereadores. Ulisses Maia disse que o Legislativo tem autonomia no trabalho, sem interferência do Executivo. O que fica claro comparando os vetos do Executivo nas gestões anteriores. Foram 112 e 125 vetos antes de 2016. Na gestão de Ulisses Maia (entre 2017 e 2020) foram apenas 12 vetos. Todos feitos após diálogo prévio com os vereadores.

“Fizemos questão de sempre apontar as questões técnicas que justificavam cada veto. Esta harmonia com a Câmara de Vereadores é positiva e reverte em benefícios para a comunidade”, explicou.

Por sua vez, o presidente do Legislativo, Mário Hossokawa, agradeceu a parceria bem-sucedida com a prefeitura e desejou sucesso ao prefeito e secretários na nova gestão.

A sessão contou com a presença de 20 secretários do município, além de superintendentes e diretores. O que mostra o desejo da administração em dar continuidade ao excelente relacionamento entre as duas casas. Ulisses Maia manteve tradição de acompanhar primeira sessão do ano do Legislativo e fez questão de apresentar cada membro de sua administração aos vereadores, anunciando nome e cargo.

Fonte: Secretaria de Comunicação – Fotos: Mileny Melo/PMM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *