Prefeitura de Maringá inicia impressão dos carnês do IPTU de 2022

Prefeitura de Maringá inicia impressão dos carnês do IPTU de 2022A Secretaria de Fazenda da Prefeitura de Maringá iniciou nesta semana, a impressão das 185 mil guias do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) (foto), de 2022, que serão entregues a partir do dia 3 de janeiro pelos Correios. A Secretaria de Fazenda lançará R$ 290 milhões e a previsão é arrecadar R$ 125 milhões com o pagamento à vista e a primeira parcela do parcelamento.

Contribuintes cadastrados no ′Acesso Cidadão′, portal de serviços da prefeitura, não receberão a guia pelos Correios. Um comunicado será enviado no e-mail cadastrado e a guia deverá ser obtida por meio deste link do site da Prefeitura de Maringá. Também é possível imprimir na praça de atendimento, no Paço Municipal e em outros 16 pontos com totens disponíveis pela cidade, veja aqui.

O pagamento à vista, até 25 de janeiro, garante desconto de 10%. O recolhimento em parcela única até 10 de fevereiro assegura desconto de 7%. O imposto poderá ser parcelado em até 12 vezes.

Para solicitar as isenções é preciso ser pensionista, aposentado, portador de necessidades especiais, pessoa idosa, obedecendo os critérios da lei. Quem teve a isenção cancelada, poderá solicitar novamente. O contribuinte que não pagou no ano anterior poderá pagar em 2022. O ideal é fazer um parcelamento para que não seja cobrado judicialmente.

O IPTU de 2022 terá atualização de 9,30%, percentual relativo ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15), acumulado entre setembro de 2019 e outubro de 2020. Portanto, não será aplicado reajuste no imposto, mas tão somente a correção pela inflação do período.

Prefeitura de Maringá inicia impressão dos carnês do IPTU de 2022Entenda

O IPTU é calculado de acordo com o valor da área total do terreno, o valor total das construções e a taxa de coleta de lixo. No terreno vazio calcula-se o valor da área total mais a contribuição da Iluminação pública. Os recursos obtidos com o imposto são investidos em obras e serviços, além da parcela garantida para investimentos na saúde e educação. Esta é uma importante fonte de recurso para melhorar a vida do cidadão.

Fonte: Diretoria de Comunicação – Fotos: Aldemir de Moraes/PMM.