Prefeitura reabrirá Passarela da Moda, que sofreu com atos de vandalismo

Para facilitar acessos e levar mais segurança a pedestres, o prefeito de Maringá, Ulisses Maia, comunicou a reabertura do Portal da Moda José Alves, popularmente conhecido como Passarela da Moda e que liga os dois lados da rodovia PR-317, na saída para Campo Mourão.

Está prevista para a tarde desta sexta-feira, 9, a retirada dos tapumes, limpeza e abertura da Passarela da Moda, que poderá ser imediatamente utilizada pelos pedestres que necessitam do equipamento urbanístico para a devida locomoção naquela região.

O local infelizmente ainda sofre com atos de vandalismo, e a administração municipal estuda uma série de medidas envolvendo fiscalização e também campanhas de conscientização para favorecer a conservação da Passarela da Moda, equipamento urbanístico referencial localizado em ponto estratégico, em uma das vias de entrada do município.

Em julho de 2020, a Prefeitura de Maringá iniciou a realização de obras na Passarela da Moda, que vinha sofrendo constantes ataques de pessoas que praticam vandalismo em locais públicos e que podem responder criminalmente caso sejam flagradas pelas equipes de segurança do município, como a Guarda Municipal, ou então a própria Polícia Militar do Estado do Paraná.

A Passarela da Moda foi inaugurada há 14 anos e liga shoppings atacadistas de confecções, propiciando conforto e segurança a lojistas e clientes de Maringá e também de fora da cidade, que fazem compras diariamente em todo o complexo da moda existente no local, bem localizado por estar próximo ao Aeroporto Regional de Maringá e Parque Industrial Felizardo Meneguetti.

RETOMADA ECONÔMICA – A abertura da Passarela da Moda vem ao encontro de uma série de ações da Prefeitura de Maringá, que prevê a retomada econômica no pós- pandemia de covid-19, em particular com a retomada das atividades de compras atacadistas.

“Nossa esperança é que, muito em breve, a Passarela da Moda seja amplamente frequentada por esse tipo de turista tão importante para nós, que são pessoas que fazem turismo de negócios e auxiliam no aquecimento da economia local, especialmente na rede hoteleira, restaurantes e lojas do complexo da moda”, complementou Michael Tamura, superintendente da Secretaria de Inovação, Aceleração Econômica, Turismo e Comunicação.

Fonte: Diretoria de Comunicação – Foto: Aldemir de Moraes/PMM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *