Região da Amusep dá salto de 7 para 18 municípios inscritos no Mapa do Turismo Brasileiro

No novo Mapa do Turismo Brasileiro, a Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep) vai estar representada por 18 cidades da área de abrangência da entidade. Na versão anterior, eram, apenas, sete. A informação foi anunciada, durante reunião mensal da Câmara Técnica do segmento, realizada na sexta-feira (17/9), pela manhã, por meio de videoconferência.

O salto no número de cidades cadastradas é resultado de uma ação planejada e coordenada pela Diretoria da Amusep, por meio da Câmara Técnica. A partir da criação do colegiado, no início de junho deste ano, os secretários municipais de Turismo foram “desafiados” a reunir a documentação necessária para estarem aptos a ingressarem no Mapa. A estratégia contou com a parceria da Rede Regional (Retur) e com um diagnóstico sobre a realidade atual elaborado pelo Sebrae.

Horizonte

Para o presidente da Amusep, prefeito de Ângulo, Rogério Aparecido Bernardo, a ampliação da presença das cidades no Mapa vai ser importante para dinamizar a atividade na região. “O cadastro abre um horizonte de oportunidades para ações conjuntas e de acesso a recursos do Estado e da União para investir no segmento”, destaca.

Os municípios contemplados são Astorga, Atalaia, Colorado, Doutor Camargo, Floresta, Flórida, Iguaraçu, Itaguajé, Mandaguari, Marialva, Maringá, Munhoz de Mello, Nova Esperança, Paiçandu, Paranacity, Santa Inês, Santo Inácio e Sarandi. No dia 22 de outubro, os gestores destas cidades vão participar do Planejamento Estratégico Regional Corredores das Águas, onde serão priorizadas as ações a serem colocadas em prática em cada localidade.

O Mapa do Turismo Brasileiro é atualizado a cada dois anos. A versão anterior é de 2019.

Ciclismo

Outro item da pauta da reunião foi o Primeiro Circuito Metropolitano do Cicloturismo de Maringá. A iniciativa da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Assuntos Metropolitanos e Institucionais, ocorrerá no dia três de outubro. Serão dois percursos: um de 21 quilômetros, para os iniciantes; e outro de 52, para as pessoas que têm mais tempo na prática do esporte.

A largada será no Complexo Paraná Park, próximo ao Aeroporto Regional de Maringá. Depois, o trajeto vai seguir por Paiçandu, pelo Distrito de Água Boa, por Doutor Camargo, Ivatuba, com a chegada nos condomínios localizados às margens do Rio Ivaí.

Apoio e segurança

De acordo com o secretário de Assuntos Metropolitanos, Fausto Eduardo Herradon, todos os detalhes estão sendo observados na montagem da estrutura de recepção, apoio, e segurança dos participantes. De pontos de hidratação, distribuição de frutas, ao acompanhamento de equipes médicas, de fisioterapeutas, e profissionais de Educação Física. Da apólice de seguro, contra acidentes, a mecânicos para consertar as bicicletas, se necessário for.

Fausto ressalta que as vagas foram preenchidas em tempo recorde e obrigou a abertura de um novo lote, com mais 100 inscrições, que também foram confirmadas de forma rápida. Cada participante doou uma cesta básica que será distribuída para as prefeituras dos municípios que integram o roteiro.

Codem

O gerente executivo da Câmara Técnica do Turismo do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem), Renan Araújo de Azevedo, apresentou o funcionamento e os objetivos do colegiado. A presença dele na reunião foi para promover a integração entre as duas instituições. Ele disse que a missão dos integrantes é propor soluções a serem executadas pelas organizações públicas e privadas, que compõem a estrutura.

Azevedo falou que a referência do trabalho do Codem é o Masterplan, elaborado em 2018, que projeta a Maringá do ano 2047. Também, mostrou um banco de dados com informações da cidade. O levantamento despertou o interesse dos secretários municipais de Turismo para conhecerem mais detalhes do sistema. Ficou definido que, nos próximos dias, ocorrerá uma reunião para verificar a viabilidade de a Amusep disponibilizar algo semelhante para os 30 municípios da região.

Fonte: Jornalista Claudio Galleti/Assessoria de Imprensa – Foto: Divulgação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *