Contabilidade de custos auxilia gestores públicos a tomarem decisões

Criar um cenário atual, de horizonte amplo e com informações em tempo real, para auxiliar os gestores públicos a tomarem decisões. Foi a partir desse princípio que a Prefeitura de Maringá, por meio da Secretaria de Fazenda, começou a desenvolver e a implantar o programa de contabilidade de custos.

A novidade foi o tema central da reunião mensal da Câmara Técnica da Contabilidade da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep) realizada, na manhã desta terça-feira (21), na sede da entidade, em Maringá. Foi o primeiro encontro presencial do colegiado desde o início da pandemia da COVID-19, em março do ano passado.

Farol

De acordo com o secretário de Fazenda de Maringá, Orlando Chiqueto Rodrigues, o projeto em construção visa a cruzar os bancos de dados existentes para oferecer informações confiáveis e abrangentes sobre as diversas áreas de atuação da prefeitura. Desde o custo de um aluno, por escola, até medir o investimento feito na Educação para avançar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), medido pelo Governo Federal.

A contadora da Prefeitura de Maringá, Nádia da Rocha Ferreira, destaca que o sistema vai produzir uma imagem global para os gestores públicos analisarem os reflexos, os ganhos e os riscos de uma decisão sobre investimento ou adoção de políticas para uma determinada área. “Uma ferramenta desta natureza proporciona segurança”, ressalta. Ela diz que a expectativa é de que até dezembro de 2024, o programa contemple grande parte das secretarias municipais.

CRC

A eleição da nova Diretoria do Conselho Regional de Contabilidade do Paraná (CRC) e a realização do Fórum Estadual de Contadores Públicos, também, integrou os debates da Câmara Técnica. Décio Vicente Galdino Cardin explica que, para ter direito ao voto, os contabilistas das prefeituras e câmaras precisam estar filiados ao sindicato da categoria. Em relação ao Fórum, ele solicitou que os colegas indiquem nomes de palestrantes para poderem ser encaminhados para a organização do evento, que seria em Maringá, mas, por causa da pandemia da COVID-19, ocorrerá de forma virtual.

Tecnologia da Informação

Os participantes do encontro conheceram, ainda, detalhes sobre as soluções para prefeituras e para a gestão pública, desenvolvidas pela Betha Sistemas. A empresa localizada em Criciúma, Santa Catarina, foi fundada em 1985. A apresentação foi feita pelo representante local, Hercílio Amboni Júnior.

Outubro

No fim, os contadores definiram que a próxima reunião mensal da Câmara Técnica será realizada, às nove horas, do dia 26 de outubro, na sede da Amusep, em Maringá.

Fonte: Jornalista Claudio Galleti/Assessoria de Imprensa – Foto: Divulgação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *