Saúde lança Ambulatório Pós Covid

Implantação conta com a participação da Unicesumar que montou estrutura para acolher pacientes

Autoridades presentes no lançamento do Ambulatório Pós Covid (APC)
Solange Munhoz, diretora do curso de medicina da Unicesumar
Segundo a Organização Mundial da Saúde, uma em cada seis pessoas infectadas pelo novo coronavírus fica gravemente doente e desenvolve complicações relacionadas a doença. Muitos, mesmo curados, ficam com sequelas e passam por um novo processo de tratamento.

Pensando nesses pacientes, a Secretaria de Saúde de Maringá junto com a Unicesumar e outras instituições de ensino, lançou o Ambulatório Pós Covid (APC).  A ideia foi criar um fluxograma para receber o paciente que obteve alta de enfermaria ou de Unidade de Tratamento intensivo (UTI).

Há três meses a Unicesumar começou a oferecer fisioterapia aos pacientes pós covid encaminhados à Unidade Básica de Saúde (UBS). Ao mesmo tempo, a Secretaria de Saúde e as demais instituições de ensino buscavam criar outras alternativas de tratamento.

Com o implemento do APC, o serviço que antes era ‘pulverizado’ será concentrado, obedecendo um fluxograma. “A Unicesumar já está pronta para receber os pacientes encaminhados. Temos uma estrutura com várias especialidades de atendimento”, garante Solange Munhoz, diretora do curso de medicina da Unicesumar.

De acordo com o fluxograma, o paciente ao receber alta da enfermaria ou UTI, é encaminhado à uma UBS.  Ali ele será regularizado no Sistema Municipal de Saúde e poderá ser referenciado para o APC da Unicesumar ou de outras instituições parceiras do programa como a Uningá ou para o Ambulatório Pós Covid Odontológico da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

No APC, o paciente segue para o ambulatório de especialidades (pneumologista, psiquiatria, neurologia, nefrologia, ortopedia ou cardiologia). Ao se recuperar da sequela, ele será registrado no sistema como Alta Contra Referenciada.

A equipe conta ainda com profissionais das áreas de nutrição, psicologia, enfermagem, fisioterapia, fonoaudiologia, odontologia e educação física.

As sequelas mais comuns deixadas pela Covid são tosse crônica, rouquidão, falta de ar ao fazer esforços, perda ou diminuição da força física, entre outras.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Unicesumar – Fotos: Divulgação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *