Três novas unidades do Restaurante Popular devem ser entregues em 4 meses

Em breve, Maringá passará a ofertar mais de 2 mil refeições populares diariamente com a inauguração de três novas unidades do Restaurante Popular na cidade. Uma parceria entre Prefeitura de Maringá e o Departamento de Segurança Alimentar da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná (Seab), deve dobrar o número de refeições que atualmente são servidas apenas pelo Restaurante Popular da Vila Olímpica.

Os três novos restaurantes são construídos, simultaneamente, no Residencial Honorato Vecchi, no Conjunto Ney Braga e Residencial Tuiuti. O custo das três unidades soma R$ 1,7 milhão. “Além de aumentar a quantidade de refeições servidas para a comunidade, também vamos otimizar e melhorar os serviços com novos equipamentos”, comenta o nutricionista da Secretaria de Assistência Social de Maringá (SAS), Geferson Almeida Gonçalves, que visitou as obras para vistorias com membros do governo estadual.

As obras estão com cronograma em dia e devem ser entregues em quatro meses. Após essa etapa, terá início a construção de uma cozinha central com mais de 600 m², no Conjunto Santa Felicidade, com investimentos de R$ 2,1 milhões, de onde sairão todas as refeições para os quatro restaurantes. Haverá ainda a compra de mobiliário e equipamentos.

As novas unidades têm estimativa inicial de servir 250 pratos no Tuiuti, outros 250 no Ney Braga e 500 no Honorato Vechi, cumprindo objetivo de descentralizar os serviços sociais para a comunidade. As unidades, também servirão para formação de mão de obra com parcerias com universidades para cursos como nutrição, consumo consciente, alimentação saudável, entre outros.

Cada refeição custa R$ 3 e atende, prioritariamente, trabalhadores, idosos, estudantes, aposentados, desempregados, coletores de material reciclável, ambulantes, moradores em situação de rua, entre outros. O cardápio é preparado por uma equipe de nutricionistas e inclui arroz, feijão, guarnição, carne, salada e fruta de sobremesa.

PREVENÇÃO – Atualmente o Restaurante Popular na avenida Duque de Caxias não está atendendo presencialmente como prevenção ao coronavírus. Mas o atendimento continua com a venda de marmitas, ao custo de R$ 3 cada. São vendidas até 1,2 mil marmitas diariamente, com restrição de até quatro unidades por pessoa. O atendimento é entre segunda e sexta-feira, entre 11h e 14h ou até serem vendidas as 1,2 mil marmitas.

Fonte: Andye Iore/Siacom – Foto: Aldemir de Moraes/PMM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *