UEM é a mais nova associada da Rede ACV

Parceria possibilitará estudos que podem contribuir para o desenvolvimento de produtos mais sustentáveis e promover a economia circular

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) associou-se à Rede Empresarial Brasileira de Avaliação de Ciclo de Vida (Rede ACV) no intuito de catalisar pesquisas e aplicações utilizando técnica de gestão ambiental. Esta aliança busca mensurar os impactos de um produto ou organização, atingindo os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Essa associação deu-se por iniciativa dos docentes Ricardo Souza Vasconcelos do Centro de Ciências Agrárias (CCA), e Olívia Oiko, do Departamento de Engenharia de Produção (DEP) do Centro de Tecnologia (CTC) da UEM.

“A ACV é baseada no conceito de ciclo de vida, que inclui todas as etapas desde a extração e beneficiamento de matérias primas, passando pela fabricação, uso, descarte e o chamado pós-consumo, no caso de produtos. Hoje, a técnica tem passado a incorporar aspectos econômicos e também sociais”, esclarece Olívia Oiko.

Ainda de acordo com Olívia, essa associação foi importante por se tratar de uma iniciativa multidisciplinar, levando em conta que há vários métodos para mensurar os impactos ao longo de todo o ciclo de vida e que devido à sua complexidade, demanda um corpo de conhecimento consistente para dar subsídios para o desenvolvimento de produtos, aprimoramento de processos e tecnologias ambientalmente mais viáveis, bem como para a divulgação e comparação dos impactos de produtos e empresas de uma forma responsável.

Para Ricardo Souza Vasconcelos, que atualmente coordena um projeto em parceria com a iniciativa privada visando a melhoria ambiental de produtos, um dos usos possíveis dos resultados de estudos de ACV é estabelecer critérios para rotulagem ambiental, fornecendo a informação ambiental aos consumidores. Este é um dos assuntos que têm sido fomentado pela Rede ACV e que foi o principal motivo da associação da instituição na referida organização.

Sobre a Rede ACV

Foi lançada em 2013 com a missão de mobilizar as empresas, articular governos e educar o consumidor, no objetivo de incorporar a ACV como uma ferramenta para determinar a sustentabilidade dos produtos. Para isso, ela visa criar um ambiente de cooperação para o uso de ACV no Brasil; educar e capacitar a sociedade sobre esse conceito, sua aplicação e benefícios; disponibilizar e disseminar para diversos públicos informações sobre ACV no Brasil e colaborar e apoiar o governo brasileiro na consolidação do Banco Nacional de Inventários do Ciclo de Vida.

A Rede ACV é uma iniciativa conjunta de empresas e instituições composta por especialistas e pesquisadores que buscam debater sobre a importância do pensamento de ciclo de vida no meio empresarial e estabelecer ações comuns para promover e popularizar a prática de avaliação de ciclo de vida em toda a sociedade.

Considerada uma ferramenta que permite mensurar o desempenho ambiental de produtos e a ponderação dos impactos positivos e negativos que um produto, sistema ou processo tem no ambiente. A avaliação do ciclo de vida analisa todas as etapas do processo produtivo, da matéria prima ao pós-consumo ou destinação final.

Fonte: Camila Cantoia Dorna/ASC/UEM – Foto: Divulgação/UEM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *