Amusep e Seab retomam projeto de adoção do Susaf nos municípios da região

Amusep e Seab retomam projeto de adoção do Susaf nos municípios da regiãoApresentar o potencial econômico e de geração de emprego representado pela adoção do Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar e de Pequeno Porte (Susaf) nos municípios da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense. Será o carro-chefe da estratégia estabelecida pela Amusep e pelo Núcleo Regional da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab).

Os detalhes iniciais da retomada do projeto foram definidos durante reunião entre o presidente da entidade, prefeito de Santa Fé, Fernando Brambilla; o chefe do Núcleo, Jucival Pereira de Sá; a gerente Regional da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), em Maringá, Ana Paula Moser; e os fiscais Eric Waltz Vieira Messias e Maria Cândida Córdova Wolff. O encontro ocorreu na tarde desta quinta-feira (10), na sede da Amusep (foto).

Horizonte amplo

Regulamentado pela Lei 10.502, de 18 de janeiro de 2017, o Susaf criou um regime para tornar possível a venda de produtos de origem animal fabricados pelos integrantes da agricultura familiar e de agroindústrias de pequeno porte, além dos limites dos municípios onde as unidades estão instaladas. “Com o Susaf, o horizonte de comercialização se amplia para todas as 399 cidades do Paraná. Com a vantagem adicional, de eliminar os riscos, hoje existentes, com a venda clandestina”, destaca Jucival.

Fernando Brambilla explica que o primeiro passo será mobilizar os prefeitos, os secretários responsáveis pela área da agricultura e os médicos-veterinários que atuam nos 30 municípios da região. A ideia é realizar um evento onde os gestores possam esclarecer dúvidas e ouçam um representante de uma cidade que já adotou o Susaf. “Vamos mostrar quais os ganhos financeiros para os agricultores, que vão poder circular livremente com os produtos, e, também, os reflexos na geração de empregos e na arrecadação própria das prefeituras”, ressalta.

A previsão é de que a reunião ocorra na primeira quinzena de maio, em Maringá.

Fonte: Claudio Galleti/Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação/Amusep.