Associação Maria do Ingá é vencedora do Prêmio Dorcelina Folador

Associação Maria do Ingá é vencedora do Prêmio Dorcelina Folador
Maria Madalena Dias, Coordenadora Geral da ONG Maria do Ingá, recebe o Prêmio Dorcelina Folador, pelas mãos do prefeito em exercício Edson Scabora

A Associação Maria do Ingá Direitos da Mulher foi a vencedora da 8ª Edição do Prêmio Dorcelina Folador . A premiação reconhece o trabalho em ações de combate à discriminação social, sexual ou racial e ocorreu nesta quinta-feira (31), no Auditório Hélio Moreira, na Prefeitura de Maringá. A escolha foi feita pela Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres, Conselho Municipal da Mulher de Maringá e da Comissão Extraordinária Permanente de Direitos Humanos e Cidadania da Câmara Municipal de Maringá.

Associação Maria do Ingá é vencedora do Prêmio Dorcelina Folador“A ONG foi criada por jovens mulheres que possuíam experiência de militância nas pastorais da juventude e universitária da Igreja Católica e no movimento sindical. São instituições que discutiam os direitos das mulheres, a violência e o mundo do trabalho”, pontuou a Coordenadora Geral da ONG, Maria Madalena Dias, emocionada no discurso de premiação.

Associação Maria do Ingá é vencedora do Prêmio Dorcelina Folador
Durante a cerimônia, a secretária Terezinha Pereira reforçou o empenho da administração municipal na luta pelo empoderamento das mulheres

Durante a cerimônia, a secretária de Políticas Públicas para Mulheres, Terezinha Pereira, reforçou o empenho da administração municipal na luta pelo empoderamento das mulheres e agradeceu as demais instituições que colaboram para a rede de proteção e enfrentamento. “É com o apoio de vocês que alcançamos grandes conquistas e chegamos onde chegamos”, disse.

Associação Maria do Ingá é vencedora do Prêmio Dorcelina FoladorSobre o prêmio

Associação Maria do Ingá é vencedora do Prêmio Dorcelina FoladorO nome é em homenagem a Dorcelina de Oliveira Folador, nascida em 27 de julho de 1963, em Guaraporema (PR). Chegou em Mundo Novo, no Mato Grosso do Sul, em 1974, com 11 anos de idade. Iniciou sua atuação na Pastoral da Juventude, em 1980, se aproximando da política, onde inclusive se candidatou a vereadora. Professora, poeta e artista plástica, foi eleita a prefeita de Mundo Novo no mandato de 1997 a 2000, mas seu governo foi interrompido no dia 30 de outubro de 1999, quando foi assassinada na varanda de sua casa.

A ONG

A Associação Maria do Ingá, criada em 2001 e oficializada em 2005, é uma entidade sem fins lucrativos, com objetivo de lutar pelo direito das mulheres. Ao longo de seus 21 anos de existência, a ONG Maria do Ingá, como é conhecida, estabeleceu uma série de parcerias para suas atividades, como palestras, cursos e oficinas, e continua com firmeza na luta pelo fim da discriminação e violência das mulheres.

Atual Diretoria

Coordenadora Geral – Maria Madalena Dias; Vice-Coordenadora – Valéria Aparecida Periotto;
Secretária Geral
– Valquíria Aparecida Francisco; Coordenadora Financeira – Mariana Tait Romancini; Coordenadora de Imprensa e Divulgação – Tania Fatima Calvi Tait; Coordenadora de Eventos – Paula Jéssica Lima Magno e Ana Maria de Souza Tardelli Tessaro; Coordenadora de Projetos – Josiane Melchiori Pinheiro; Assistência Jurídica – Claudete Gomes da Silva e Ana Carla Tait Romancini. Conselho Fiscal: Eunice Barboza Gonçalves, Sônia Regina Versari e Naiara Calvi Oliveira.

Fonte e Fotos: Natália Jorgeto/Secom e Reprodução.