Coronel Antônio Tadeu Rodrigues recebe comenda da ACIM

Coronel e agora comendador Antônio Tadeu Rodrigues, com familiares; com o atual presidente da Acim, Michel Felippe Soares e esposa Adriana, e com os ex-presidentes da Acim, Ariovaldo Costa Paulo, Raymundo do Prado Vermelho, José Carlos Valêncio, Atair Niero, Jefferson Nogaroli, Marco Tadeu Barbosa e Carlos Alberto Tavares Cardoso.
Coronel Antônio Tadeu Rodrigues recebe a Comenda Américo Marques Dias, do comendador, ex-presidente e atual membro do Conselho Superior da Acim, Jefferson Nogaroli.
Coronel Antônio Tadeu Rodrigues com a comenda Américo Marques Dias.
Coronel Antonio Tadeu Rodrigues estava acompanhado da família: a esposa Maria do Rosário; filhos, Luís Guilherme, Vitor e Viviane; do genro Rafael Godoy e dos netos, Felipe e Eloah.
Helmer Romero foi o mestre da cerimônia.
Em seu discurso, o presidente da Acim, Michel Felippe Soares (foto), destacou que Rodrigues é vice-presidente de segurança da entidade e que é “um cidadão que tem a consciência do que é certo e do que é errado. Depois de ter uma carreira impecável na Polícia Militar, Rodrigues tem uma ampla visão das necessidades da segurança pública. E esse conhecimento faz dele um dos maiores defensores do aparelhamento e inteligência das forças de segurança.
O presidente da Câmara Municipal de Maringá, Mário Hossokawa (foto), destacou que “acompanha há anos o trabalho do Conseg, que sai com o chapéu na mão pedindo para empresários dinheiro para pagar combustível e conserto de veículos das polícias. Esse é um trabalho difícil do coronel Rodrigues e de sua diretoria. Tem que ser uma pessoa de respeito e dignidade para pedir e conseguir esse dinheiro. A entrega da comenda é um reconhecimento de todos nós e da Acim”.
O prefeito em exercício, Edson Scabora (foto), afirmou que “o Conseg foi criado em Maringá e se espalhou pelo Brasil, sendo motivo de orgulho. Rodrigues é uma pessoa que faz história nesta cidade”.
Em seu discurso, o Coronel Antônio Tadeu Rodrigues (foto), destacou: “este é um momento único, não sei se mereço. É um reconhecimento público a quem cuida da segurança. É uma caminhada longa e árdua, em que falta apoio principalmente do governo estadual, mas temos um grande espírito de união e de abnegados parceiros no Conseg”.
Superintendente da Acim, Ribamar Alves Rodrigues com o Pastor Noel Cruz.
Casal Maria do Rosário-Antônio Tadeu Rodrigues; Luís Guilherme Rodrigues; e casal Clarinha-Everton Rodrigues.
Gerente Institucional Helmer Romero; gerente de RP, Jociani Pizzi e Fernando Monteiro, do departamento de eventos da Acim.
Superintendente da Acim, Ribamar Rodrigues, casal Maria do Rosário-Antonio Tadeu Rodrigues e vice-presidente da Acim, Jair Ferrari.
Integrantes da equipe de eventos da Acim com o gerente Helmer Romero; a gerente de RP, Jociani Pizzi e o Superintendente, Ribamar Rodrigues.
Gerente Institucional Helmer Romero e Juciani Pizzi, gerente de RP, da Acim.
Casais Regina Daefiol-Dirceu Herrero e Valéria Codato-João Paulo Silva Junior.

Reconhecido por sua atuação na área de segurança, o coronel da reserva Antônio Tadeu Rodrigues foi homenageado pela Acim, no mês passado. Em 26 de julho ele recebeu a Comenda Américo Marques Dias, a mais alta honraria concedida pela entidade. Rodrigues é o sétimo a receber a comenda que leva o nome do primeiro presidente da Associação Comercial. A cerimônia reuniu cerca de 500 pessoas no Moinho Vermelho, inclusive autoridades da área de segurança e o ex-governador Orlando Pessuti.

Atualmente presidente do Conselho Comunitário de Segurança de Maringá (Conseg), entidade que ajudou a fundar em 1983, Rodrigues foi diretor da Penitenciária Estadual de Maringá (PEM) por 12 anos, período em que não houve rebelião.

Rodrigues nasceu em Tibagi/PR e em 1968 se formou oficial da Polícia Militar pela Academia da PM/PR. Mudou-se para Maringá em 1972, quando foi transferido para o 4º Batalhão da Polícia VitorVMilitar (4º BPM). Simultaneamente, cursou Direito na Universidade Estadual de Maringá (UEM), onde se formou em 1978. Em 1983, Rodrigues participou da criação do primeiro Conselho Comunitário de Segurança do Brasil. Em 1988 assumiu o comando do 1º Batalhão da PM/PR, em Ponta Grossa e dois anos depois, retornou para Maringá, quando assumiu o comando do 4º BPM.

Ele foi promovido a coronel em 1993, quando assumiu a Diretoria de Apoio Logístico em Curitiba. Em 1996, esteve à frente da Penitenciária Estadual de Maringá, onde ficou até 2008. E desde 2009 é presidente do Conseg Maringá.

Em seu discurso, o presidente da Acim, Michel Felippe Soares, destacou que Rodrigues é vice-presidente de segurança da entidade e que é “um cidadão que tem a consciência do que é certo e do que é errado. Depois de ter uma carreira impecável na Polícia Militar, Rodrigues tem uma ampla visão das necessidades da segurança pública. E esse conhecimento faz dele um dos maiores defensores do aparelhamento e inteligência das forças de segurança. Por isso, diante de uma injustiça, principalmente quando Maringá deixa de receber recursos, viaturas e novos policiais, ele perde o bom humor e o semblante calmo que são suas características. Justamente por essa característica de sair em defesa da sociedade e por sua imparcialidade, não se fala em segurança em Maringá sem tê-lo como conselheiro e articulador”.

Já o presidente da Câmara Municipal de Maringá, Mário Hossokawa, destacou que “acompanha há anos o trabalho do Conseg, que sai com o chapéu na mão pedindo para empresários dinheiro para pagar combustível e conserto de veículos das polícias. Esse é um trabalho difícil do coronel Rodrigues e de sua diretoria. Tem que ser uma pessoa de respeito e dignidade para pedir e conseguir esse dinheiro. A entrega da comenda é um reconhecimento de todos nós e da Acim”.

O prefeito em exercício, Edson Scabora, afirmou que “o Conseg foi criado em Maringá e se espalhou pelo Brasil, sendo motivo de orgulho. Rodrigues é uma pessoa que faz história nesta cidade”.

EX-PRESIDENTES

A comenda é uma medalha com tecidos nas cores verde e azul, com uma estrela que representa o homenageado e é banhada a ouro, o que representa a nobreza da honraria máxima da Acim. A entrega foi feita por Michel Felippe Soares e o comendador Jefferson Nogaroli, acompanhados dos ex-presidentes da Acim, Atair Niero, Raymundo do Prado Vermelho, Ariovaldo Costa Paulo, Carlos Alberto Tavares Cardoso, Marco Tadeu Barbosa e José Carlos Valêncio.

Rodrigues estava acompanhado da família: esposa, Maria do Rosário, filhos, Luís Guilherme, Vitor e Viviane, do gênero Rafael Godoy e dos netos, Felipe e Eloah. Em seu discurso, ele destacou: “este é um momento único, não sei se mereço. É um reconhecimento público a quem cuida da segurança. É uma caminhada longa e árdua, em que falta apoio principalmente do governo estadual, mas temos um grande espírito de união e de abnegados parceiros no Conseg”.

COMENDA AMÉRICO MARQUES DIAS

A Comenda Américo Marques Dias, que leva o nome do primeiro presidente da Acim, é a mais alta honraria concedida pela entidade. Foi entregue a sete pessoas: Dom Jaime Luiz Coelho, primeiro arcebispo de Maringá (2003); Adriano José Valente, advogado e ex-prefeito da cidade (2007); Joaquim Romero Fontes, agropecuarista e um dos fundadores da Sociedade Rural de Marin gá (2008); Manoel Mário de Araújo Pismel, pioneiro e ex-presidente da Acim (2013); empresário Jefferson Nogaroli, que presidiu a Acim, a Faciap e o Sebrae/PR (2015); Wilson de Matos Silva, reitor da Unicesumar (2017) e coronel Antonio Tadeu Rodrigues (2019).

 

Texto: Jornalista Giovana Campanha/Textualcom
Fotos: Walter Fernandes e Ivan Amorim/Pólen Imagens e
Paulo Souza/Revista AaZ Magazine.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *