Dia Mundial da Educação: rede municipal de Maringá é referência nacional

Dia Mundial da Educação: rede municipal de Maringá é referência nacional
Na rede municipal, alunos participam de diversos projetos que aliam tecnologia, sustentabilidade e empreendedorismo

A educação de Maringá é referência para o Brasil em qualidade e metodologia de ensino. Neste 28 de abril, Dia Mundial da Educação, há metas cumpridas e avanços para comemorar. A cidade conquistou nota de 7,2 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2019, a maior entre os maiores municípios do Paraná e superior à média nacional, que é 5,9. Os investimentos na rede municipal não param. São mais de R$ 140 milhões investidos em construção e reformas de unidades escolares desde 2017.

Em outra frente, o município trabalha constantemente na ampliação do ensino integral, que já abrange 73% das unidades de ensino. Com isso, a cidade já ultrapassou a meta 6 do Plano Nacional de Educação que estabelece que pelo menos 50% das escolas ofereçam a educação integral até 2024.

Além disso, a rede municipal aposta em uma metodologia que alia, entre outros pilares, tecnologia, sustentabilidade e empreendedorismo. Em parceria com o Sebrae, a prefeitura tem ampliado a oferta de oficinas de Educação Empreendedora para os alunos. Até 2024, a meta é que a iniciativa esteja presente em 100% das escolas municipais.

Dia Mundial da Educação: rede municipal de Maringá é referência nacional
Alunos dos 4º e 5º anos tem acesso aos notebooks que auxiliam no processo de ensino-aprendizagem

Na tecnologia, os estudantes têm acesso aos notebooks que auxiliam no processo de ensino-aprendizagem. Em 2019 a Prefeitura de Maringá disponibilizou notebooks para uso dos alunos do 4º e 5º anos da rede municipal de educação. Cada unidade de ensino recebeu 37 notebooks, em um total de 1.885 aparelhos e atendimento a cerca de 1,8 mil educandos.

Além disso, com os eixos temáticos voltados para a sustentabilidade, a rede municipal de Maringá atua fortemente na educação climática e na formação de cidadãos que possam contribuir para um mundo consciente. A cidade é a maior signatária do projeto “Escolas pelo Clima”, que reúne instituições de ensino em todo o Brasil comprometidas com ações voltadas para a preservação do meio ambiente.

“São muitas ações e iniciativas que, com certeza, resultam nos altos índices que comprovam a qualidade da educação de Maringá. Vamos continuar em busca de mais conquistas e avanços, preparando a melhor formação para os nossos quase 40 mil alunos”, destaca a secretária de Educação, Tania Periotto.

Fonte: Murillo Saldanha/Secom.
Fotos: Aldemir de Moraes.