Imagens do Parque do Japão chegam ao país das olimpíadas

Gruta do Parque do Japão em Maringá
Grupo Saikyou, da Acema, composto por 18 dançarinos
Apresentação do Grupo Saikyon com estilo de dança Yosakoi Soran
Superintendente da Siacom-Maringá, Michael Tamura

Com o objetivo de mostrar pontos turísticos de Maringá, o Grupo Saikyou, da Acema, realizou no domingo (25), gravações de uma apresentação com o estilo de dança Yosakoi Soran, diretamente do Parque do Japão, onde as belezas naturais do local contribuíram para o benefício plástico e estético do audiovisual apresentado.

O superintendente da Secretaria de Inovação, Aceleração Econômica, Turismo e Comunicação – Siacom, de Maringá, Michael Tamura, acompanhou o grupo, composto por 18 dançarinos, além da equipe de staff.

“O grupo foi convidado por outro grupo do Japão a gravar vídeo. Foi uma ótima oportunidade de mostrar um dos pontos turísticos mais bonitos de Maringá, e essa referência entre Brasil e Japão veio em boa hora, pois estamos vivendo o espírito dos jogos olímpicos que acontecem em Tóquio”, afirma Tamura.

O Grupo Saikyou integra o Departamento de Yosakoi Soran, da Acema, conta com 80 integrantes com idade entre 5 e 75 anos e tem como objetivo a formação e o desenvolvimento de crianças e jovens integrados nos valores culturais e sociais.

PARQUE DO JAPÃO – Em uma área de mais de 100 mil metros quadrados localizada na Rua Tulipa, Parque Industrial de Maringá, o Parque do Japão foi concebido para disponibilizar algumas das formas de expressão mais significativas da milenar cultura japonesa.

Com funcionalidade artística, cultural, esportiva e gastronômica, o espaço é administrado pela Prefeitura de Maringá, que presa pela preservação ambiental e integração entre pessoas e natureza, de forma contemplativa e harmônica.

O Parque do Japão funciona de terça a domingo, das 8h às 18h, com entrada franca, na rua Tulipa, 987 – Jardim Industrial, em Maringá – PR. Mais informações pelo Fone: (44) 3901-7012.

Fonte: Diretoria de Comunicação – Fotos: Divulgação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *