Mapa Brasileiro abre trabalhos da Câmara Técnica do Turismo da Amusep

O Mapa é atualizado a cada dois anos. Na fase atual, o prazo vence em 31 de julho
Câmara Técnica do Turismo foi constituída durante videoconferência, que reuniu representantes de 22 prefeituras da área de abrangência da Amusep

Mostrar os benefícios que os municípios têm ao se cadastrarem no Mapa Brasileiro de Turismo. Foi o primeiro tema de trabalho da Câmara Técnica do Turismo da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense. O colegiado foi constituído, na sexta-feira (11), à tarde, durante videoconferência, que reuniu representantes de 22 prefeituras da área de abrangência da Amusep.

O secretário Municipal de Inovação, Aceleração Econômica, Turismo e Comunicação de Maringá (Siacom), Marcos Cordiolli, destacou o quanto é importante estar integrado no Mapa. “O cadastro é o passaporte para acessar as linhas de crédito e os programas da área desenvolvidos pelos governos do Estado e Federal”, ressaltou.

Oportunidades

Para o presidente da Amusep, prefeito de Ângulo, Rogério Aparecido Bernardo, a criação da Câmara Técnica ocorre em um momento oportuno, quando o setor precisa se reestruturar para a retomada das atividades, no pós-pandemia. “O Turismo é um importante fator de geração de emprego e renda. O papel do colegiado é elaborar políticas públicas e identificar caminhos que levem a novas possibilidades de negócios”, afirmou.

Durante o encontro, ficou decidido que haverá uma nova reunião para dar sequência na tramitação das exigências e cumprir os requisitos para se cadastrar no Mapa. Será na próxima semana, com representantes da Rede de Turismo Regional (Retur), responsável por acompanhar o encaminhamento dos documentos.

Bianual

O Mapa é atualizado a cada dois anos. Na fase atual, o prazo vence em 31 de julho. Para integrar o sistema, é necessário ter um órgão de turismo em atividade, conselho municipal funcionando e orçamento próprio. Também deve ter prestadores de serviços registrados no Cadastur, entre outras exigências.

Comitê Gestor

Após a constituição da Câmara Técnicas, foram definidos os integrantes do Comitê Gestor. De forma voluntária, ofereceram-se para participar Mateus Girotto, de Floresta; Altino Pires de Araújo Neto, de Lobato; Maikom Everson Parpinelli, de Marialva; Thaíse Bueno, de Maringá; Jhonatan Machado Feitosa, de Santa Fé; e Sara Godoi, de Sarandi. Em seguida, Neto, de Lobato, foi indicado como coordenador.

O Comitê Gestor é responsável por definir os detalhes e preparar as reuniões. Colhe as sugestões dos assuntos a serem tratados nos encontros e, quando necessário, convida especialistas ou empresários para falar sobre os temas da pauta.

Fonte: Jornalista Claudio Galleti/Assessoria de Imprensa – Fotos: Divulgação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *