Maringá é a maior geradora de empregos no interior do Paraná

Maringá é a maior geradora de empregos no interior do Paraná. Os números que repetem a cidade em destaque no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), nos últimos meses, são resultados das iniciativas da Prefeitura em criar ferramentas e benefícios para a retomada econômica durante a pandemia de coronavírus.

Maringá lidera o ranking no interior em julho com 1.009 vagas, ficando atrás no Paraná somente de Curitiba. Ofertou 17% a mais de vagas que a segunda cidade do interior. Maringá é a 36ª no ranking brasileiro. “As iniciativas da gestão Ulisses Maia mostram resultados positivos para a cidade”, considera o secretário de Trabalho, Renda e Agricultura Familiar, Francisco Favoto. “Mesmo durante a pandemia, a nossa economia está crescendo e gerando oportunidades aos maringaenses”.

Com isso, Maringá contribui para impulsionar também o Paraná. O saldo de empregos no estado é positivo, com 123,8 mil admissões em julho contra 109,3 mil demissões.

OS NÚMEROS –  Curitiba foi a cidade que mais se destacou, em julho, com 4.440 novos empregos; seguida de Maringá com 1.009 (1ª do interior e 2ª cidade do estado); Londrina, 859; Cascavel, 720; São José dos Pinhais, 584; Umuarama, 276; Toledo, 201; Apucarana, 148; Campo Largo, 144, e Ponta Grossa, 132.

APOIO – Entre as iniciativas da gestão Ulisses Maia para impulsionar a economia local estão os auxílios emergenciais para famílias, o apoio aos profissionais de eventos, o programa Juro Zero, a abertura de empresas no Parque Industrial e no Parque de TI, a desburocratização dos serviços públicos, orientações no Espaço do Empreendedor, alvará online, entre outras.

Fonte: Andye Iore/Siacom- Foto: Arquivo/PMM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *