Número de startups cresce 69% em Maringá, mostra estudo do Sebrae

Cidade conta com 178 negócios do setor; Mapeamento das Startups Paranaenses 2022 integra as ações do Sebrae 50+50

Número de startups cresce 69% em Maringá, mostra estudo do SebraeDe acordo com o Mapeamento das Startups Paranaenses 2022, divulgado pelo Sebrae Paraná neste mês, Maringá está entre as top 10 do estado, com 178 empresas. O dado representa um crescimento de 69% no número de startups na cidade em relação ao estudo 2020/2021, quando os negócios do gênero eram 105.

Maringá concentra 59% das 304 apuradas na área da regional Noroeste do Sebrae Paraná, principalmente, nas verticais econômicas que seguem a vocação da cidade: healthtech, cosntrutech, retailtech, agrotech e edutech. No ranking do Estado, aparece em terceiro lugar, atrás de Curitiba (459) e Londrina (252).

Para o consultor do Sebrae Paraná, Nickolas Kretzmann, os avanços são resultado de um projeto que vem sendo desenvolvido no ecossistema local de inovação desde 2018, visando ao estímulo a um ambiente favorável ao surgimento de negócios inovadores.

O consultor desataca que o Sebrae e outras instituições estimularam a formação de mais de 20 ambientes de inovação desde 2019, o que na visão dele foi fundamental para dar suporte na criação e desenvolvimento de startups.

Dentre as ações nos últimos anos realizadas ou apoiadas pelo Sebrae, o consultor cita ainda a participação de 10 turmas no Startup Garage, programa para estímulo à criação de startups em Instituições de Ensino, fortalecimento do programa de aceleração da aceleradora Evoa, iniciativas do Parque Tecnológico de Maringá (Maringatech) e o surgimento do Smart Space e Inovus, ambientes para negócios em fase de ideação.

Outro destaque é o estágio das startups maringaenses. Conforme o mapeamento, 56% das empresas estão em fase de operação e tração, ou seja, estão comercializando ou em funcionamento pleno. Outros 5% estão em Scale-up, vivenciando a etapa de crescimento exponencial.

“Há pouco tempo trabalhávamos para aumentar a maturidade do ecossistema, hoje vivemos este momento”, observa Kretzmann.

Em paralelo, 35% das startups estão na etapa de ideação, o momento de se debruçar e encontrar soluções para as dores do mercado, o que indica um cenário favorável a novas iniciativas, que agora contam com mais apoio devido aos espaços de inovação destinados a este público de empreendedores.

Kretzmann ressalta os avanços em empresas inovadoras. No último ano, 10 startups acompanhadas pela Sebrae, em Maringá, cresceram em média 230% e aumentaram o quadro de funcionários em 83%. Além disso, uma delas foi acelerada pela maior aceleradora do mundo, a Y Combinator, que fica no Vale do Silício, localizado em São Francisco, Califórnia, nos Estados Unidos.

“De modo geral, temos negócios maduros e rumo à relevância nacional e internacional. Tudo indica em que em breve teremos nosso primeiro unicórnio (startup avaliada em mais de um bilhão de dólares)”, projeta Kretzmann.

Paraná

O mapeamento 2022 revelou 522 startups a mais no Paraná em relação ao estudo anterior, divulgado em fevereiro de 2021, totalizando hoje 1.956 startups em atividade em 108 municípios. O dado representa um crescimento de 36,4% na comparação com a edição do ano passado, quando o número de startups atingiu 1.434.

Sobre o Sebrae 50+50

Em 2022, o Sebrae celebra 50 anos de existência, com atividades em torno do tema “Construir o futuro é fazer história”. Denominado Projeto Sebrae 50+50, a iniciativa enfatiza os três pilares de atuação da instituição: promover a cultura empreendedora, aprimorar a gestão empresarial e desenvolver um ambiente de negócios saudável e inovador para os pequenos negócios no Brasil. Passado, presente e futuro estão em foco, mostrando a evolução desde a fundação em 1972 até os dias de hoje, com um olhar também para os novos desafios que virão para o empreendedorismo no país.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Sebrae/PR.
Imagem: Sebrae/PR.