Prefeitura lança plataforma de pré-cadastro da vacinação

O site conta com o pré-cadastro que insere a pessoa na relação de controle da Secretaria de Saúde e indica em qual fase o cidadão será vacinado
Até sexta-feira (12), a Secretaria de Saúde imunizou 13.647 pessoas

A Secretaria de Saúde de Maringá lançou na quinta-feira (11), o site com informações da campanha de vacinação contra a Covid-19, o que possibilita o acompanhamento da imunização na cidade. O site conta com o pré-cadastro que insere a pessoa na relação de controle da Secretaria de Saúde e indica em qual fase o cidadão será vacinado. Acesse o site neste link http://www2.maringa.pr.gov.br/vacinamaringa

“Essa é mais uma ferramenta para trazer transparência aos dados da vacinação e possibilita o cidadão saber em qual fase será vacinado com base nos dados informados no cadastro”, disse o prefeito, Ulisses Maia. O novo site informa sobre o Plano de Imunização de Maringá – que segue a estratégia vacinal do Ministério da Saúde – qual público está sendo imunizado no momento, e o número atualizado de pessoas vacinas diariamente – o vacinômetro. O pré-cadastro não garante a data para a vacinação.

O secretário de Saúde, Marcelo Puzzi, cita que é o segundo site com informações referentes à Covid-19. O primeiro é o “Notifica Saúde”, site atualizado diariamente com números de casos confirmados de coronavírus e informações sobre a evolução da pandemia em Maringá.

VACINÔMETRO

O Vacinômetro lançado pela Prefeitura de Maringá segue com atualização diária da campanha de vacinação na cidade. A arte é publicada às 20h, nos perfis oficiais da prefeitura na internet. Até sexta-feira (12), a Secretaria de Saúde imunizou 13.647 pessoas com a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

A CAMPANHA

A campanha de vacinação contra a Covid-19 teve início dia 19 de janeiro em Maringá. A estratégia de imunização segue as diretrizes do Ministério da Saúde e do Plano Estadual/Municipal de Vacinação contra a Covid-19. Na 1ª fase, estão sendo contemplados os idosos e profissionais das instituições de Longa Permanência para Idosos e os Trabalhadores da Saúde. Na 2ª fase, serão vacinados os idosos em geral.

Fonte: Diretoria de Comunicação/Siacom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *