Prefeitura se reúne com setor imobiliário

Um encontro online no começo da tarde de quinta-feira (8), reuniu secretários municipais e representantes de imobiliárias. A reunião debateu situações para encontrar equilíbrio no setor, evitando que inquilinos atrasem aluguel ou entreguem imóveis residenciais e comerciais nesse período de pandemia de coronavírus.

O secretário de Inovação, Aceleração Econômica, Turismo e Comunicação (Siacom), Marcos Cordiolli, fez uma apresentação mostrando os programas que a Prefeitura de Maringá implantou para ajudar contribuintes e empresários na pandemia. São iniciativas que devem beneficiar 256 mil pessoas ou empresas, somando R$ 22,7 milhões em investimentos.

Também foram citados programas como o Cuida Maringá, Cesta Básica, Kit Higiene, Cartão-Alimentação, Maringá Empresa, Alimentação Escolar, Benefício Emergencial para o setor de eventos, além de linhas de créditos para empresas, o Refis 2021, Programa Juro Zero, prorrogação dos tributos por 180 dias, entre outros.

Cordiolli citou que todos esses programas podem ajudar famílias e empresários a pagarem seus alugueis e se manter nos imóveis.

Os imobiliaristas citaram que têm ocorrido, com frequência, casos de inquilinos que entregaram os imóveis e optaram pela locação de espaços menores.

Já o secretário de Trabalho e Renda, Francisco Favoto, frisou que a Prefeitura está à disposição do setor e empenhada em impulsionar a economia maringaense. “Mesmo com os problemas econômicos gerados pela epidemia, a cidade tem aspectos positivos como a geração de emprego e renda, inclusive em destaque no Paraná”.

MOBILIZAÇÃO – As imobiliárias ressaltaram o interesse em evitar a desocupação dos imóveis. O segmento também conversa com a Câmara de Vereadores e busca articulação com deputados, uma vez que alguns assuntos têm aspectos federais, como índice de reajuste de aluguel.

O setor informou que tem analisado caso a caso os reajustes e renegociações de contratos com inquilinos. Eles também fazem um levantamento para atualizar dados sobre imóveis ocupados e vazios em Maringá.

Essa foi a primeira reunião entre a Prefeitura e o setor imobiliário. Participaram representantes da Secretaria de Governo da Prefeitura, da Secretaria de Trabalho e Renda, Sindicato da Habitação e Condomínios (Secovi), Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci), entre outros.

Fonte: Andye Iore/Siacom – Foto: MIleny Mello/PMM;

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *