Sicredi União PR/SP desenvolve programa para incentivar voluntariado

Diante do convite da Sicredi União PR/SP, 248 colaboradores participarão de um programa de voluntariado para engajamento em iniciativas da própria cooperativa e da comunidade. O primeiro encontro, das cinco formações previstas, será na sexta-feira (dia 9), às 8h45, ministrado por uma consultoria especializada em humanizar culturas, integrando propósitos e resultados.

Com o nome Você Pode, o programa prevê capacitações, engajamento e conexão dos colaboradores a causas sociais. Assim, eles estarão aptos a dedicar parte do tempo a iniciativas voltadas para crianças, jovens, mulheres, idosos, empreendedores e outros públicos com as quais têm afinidade ou interesse. São seis eixos temáticos: educação cooperativa e cidadã; educação financeira; apoio ao terceiro setor; empreendedorismo e inovação; inclusão e diversidade; combate à fome.

Os colaboradores poderão ser voluntários em iniciativas da própria cooperativa ou da comunidade. Quem optar pelas ações junto à Sicredi União PR/SP já vai poder exercer o voluntariado a partir da segunda quinzena do mês, por meio do projeto de educação financeira Na Ponta do Lápis. Também há outras iniciativas como o Dia do Cooperativismo (com ações variadas para a comunidade) e de arrecadação de alimentos e produtos de higiene pessoal para entidades.

Quem optar pelo voluntário em ações da comunidade receberá o apoio da cooperativa por meio da articulação de conexões e junto a mais de 500 entidades parceiras.

Dos 248 colaboradores que participarão do programa, 155 nunca tinham sido voluntários. Eles responderam a um questionário sobre as causas com as quais têm afinidade, sendo que um terço manifestou interesse em iniciativas de combate à fome e 22% querem contribuir com educação financeira.

Entre esses voluntários está a assistente de Gestão de Pessoas, Jessica Ketelin da Silva Correa, que até então participou de iniciativas pontuais de voluntariado em igreja e asilo. Com a pandemia, ela diz que aumentou a vontade de contribuir com a comunidade. “Atendi a um ‘chamado’ da cooperativa e estou à disposição para ajudar”, conta a assistente, que pretende se envolver em causas de combate à fome.

Inicialmente o programa é voltado para os colaboradores, mas está prevista a ampliação das formações para familiares dos colaboradores, associados outras empresas e instituições.

No ano passado, 270 colaboradores se envolveram em 260 ações, em 88 cidades, somando 850 horas de trabalho.

Fonte: Giovana Campanha/Matéria Comunicação – Arte: Divulgação/Sicredi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *