Programa Sanepar Startups anuncia as cinco empresas classificadas para aceleração

Por meio de edital, elas vão apresentar soluções inovadoras e sustentáveis para desafios do setor de água e saneamento ambiental. Os recursos destinados a cada projeto variam entre R$ 100 mil e R$ 150 mil para testes e homologação das soluções

Programa Sanepar Startups anuncia as cinco empresas classificadas para aceleração
Sanepar divulga startups classificadas para aceleração.

O Programa de Inovação Aberta no Setor de Saneamento Ambiental – Sanepar Startups divulgou nesta segunda-feira (18), as cinco empresas selecionadas por meio de edital que vão apresentar soluções inovadoras e sustentáveis para desafios do setor de água e saneamento ambiental.

As escolhidas propõem desenvolvimento de hardware e software para detecção de perdas de água; para análise e manutenção preditiva e para localização de vazamentos na rede de distribuição de água; de software de atendimento digital integrado; e de uso de elementos de carbono infundidos em um bloco de cera para equilíbrio natural de água ou efluente.

Os projetos devem ser aplicados em até 12 meses. De acordo com o edital, os recursos destinados a cada um variam entre R$ 100 mil e R$ 150 mil para testes e homologação das soluções. Eles serão aportados pela Sanepar à Fundação PTI-BR, que ficará responsável pela operacionalização do edital. A Finep, o BID e o Sebrae/PR dão apoio e participação como consultores.

No total, 87 empresas de todas as regiões do Brasil enviaram propostas ao edital lançado em 2021. Quinze foram selecionadas e participaram da pré-aceleração. Ao longo de sete semanas, em encontros semanais, de janeiro a março deste ano, as startups tiveram acesso a conteúdo e mentorias técnicas e de negócios.

Ao fim desse período, 12 startups participaram do Pitch Day e apresentaram sua proposta a uma banca avaliadora composta por membros das instituições organizadoras do programa. Do Pitch Day, foram classificadas as cinco que receberão recursos para desenvolverem a solução.

Confira as startups aprovadas:

Stattus4 – Hardware e software para detecção de perdas de águas. (Tema: Otimização de Processos Produtivos);
Pullup – Hardware e software analisadores de vibração e temperatura autônomos com conectividade para análise e manutenção preditiva. (Tema: Otimização de Processos Produtivos);
O2Eco Tecnologia Ambiental – Elementos de carbono infundidos em um bloco de cera para equilíbrio natural de água ou efluente (Tema: Infraestrutura Resiliente e Sustentável);
Radioforce – Hardware e software para localizar vazamentos na rede de distribuição de água tratada. (Tema: Recursos Hídricos e Clima); e
Maxbot – Software de atendimento digital integrado. (Tema: Melhoria na Relação com o Cliente).

SANEPAR STARTUPS – O programa é desenvolvido pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), que publicou o edital, em parceria com o Parque Tecnológico Itaipu Brasil (PTI-BR), a Finep – Inovação e Pesquisa, empresa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná (Sebrae/PR).

Saiba mais sobre o Sanepar Startups – Programa de Inovação Aberta em Saneamento Ambiental no site saneparstartups.com.br.

Fonte: AEN/PR
Foto: Divulgação/Sanepar