Scabora discute Polícia Científica e IML com secretário de Segurança

 

O vice-prefeito de Maringá, Edson Scabora esteve em Curitiba na quarta, 12/02, para tratar da situação da Polícia Científica do município de Maringá com o Secretário de Segurança Pública do Paraná, coronel Romulo Marinho Soares, deputados e representantes de Maringá. O encontro debateu as ações de segurança pública desenvolvidas na região, como o atendimento do Instituto Médico-Legal e a investigação de casos por parte da Polícia Civil. O Secretário de Segurança de Maringá, Clodoaldo Rossi, também esteve presente.

“Para nós é importante receber esse retorno sobre os órgãos que cuidam da região. Isso me permite ajustar pontos essenciais para o bom funcionamento e prestação de serviço à população”, afirmou o secretário coronel Marinho.

Ele ainda ressaltou que estão em andamento diversas tratativas para o chamamento de novos servidores para a instituição. “Divulgamos hoje a contratação de mais auxiliares de necropsias e médicos-legistas que deverão atuar em várias regiões do Estado”, completou.

Durante a reunião, o vice-prefeito de Maringá, Edson Scabora, enalteceu a parceria entre instituições e se prontificou a colaborar para avanços na área da segurança pública. “Estamos à disposição para o que o secretário precisar. Iremos colaborar com o que for preciso para melhorar este quadro na região”, disse.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), do Paraná, Cássio Telles, alertou para a importância das atividades desenvolvidas pela Secretaria. “A área da polícia técnica é vital para a solução de crimes, e a melhora nas atividades vai facilitar muito a vida de todos nós, pois a elucidação de crime se constrói dentro de uma prova bem feita”, ressaltou.

Os representantes também tiveram informações sobre as investigações acerca da morte da bailarina Maria Glória Poltronieri Borges, ocorrida em janeiro deste ano, em Maringá.

O assessor civil da Secretaria da Segurança Pública, Vinícius de Carvalho, afirmou que é um caso mais complexo. “Já estamos realizando diligências e não podemos passar mais informações para não atrapalhar as linhas de investigação”, explicou.

PRESENÇAS

Estiveram na reunião o diretor da Polícia Científica do Paraná, Luiz Rodrigo Grochocki, o diretor do Instituto Médico-Legal do Paraná, André Ribeiro Langowiski.  Secretário-geral da OAB Paraná Rodrigo Rios, e assessor da presidência da OAB Paraná, Ricardo Miner Navarro; o secretário da segurança de Maringá, Clodoaldo de Rossi; a presidente da OAB Maringá, Ana Claudia Bandeira; o assessor militar da secretaria, coronel Erich Wagner Osternack, e a chefe de gabinete da Secretaria, delegada Lucina de Novaes.

Também compareceram os deputados estaduais Delegado Jacovós, Doutor Batista, Soldado Adriano José, Anibelli Neto, Homero Marchese, Evadro Araújo; o representante da Assembleia Legislativa do Paraná, Tiago Waterkempere; e a representante do gabinete do deputado estadual Do Carmo, Maria de Fátima da Silva.

Fonte: Agência da Sesp – Foto: Divulgação/Sesp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *