Sinduscon inova e nova sede se transforma em parque tecnológico

O novo endereço está localizado na Rua Tiradentes, 348, Vila Ipiranga. O prédio está construído em um terreno de 5,6 mil metros quadrados de área, “com espaço suficiente para a expansão que o mercado e o futuro exigirem”, nas palavras do presidente da entidade, Marcos Mauro Pena Filho.
Autoridades descerram a placa de inauguração da nova sede do Sinduscon/PR - Noroeste.
Autoridades presentes na inauguração da nova sede do Sinduscon/PR - Noroeste.
Jornalista Claudio Galleti, mestre oficial da cerimônia.
A Diretoria do Sinduscon/PR - Noroeste fez o lançamento do Engenium Park, o Parque Tecnológico da Construção Civil de Maringá, com a inauguração do Ambiente de Inovação para Construtechs.
Presidente do Sinduscon, Marcos Mauro Pena Filho: “O prédio está construído em um terreno de 5,6 mil metros quadrados de área, “com espaço suficiente para a expansão que o mercado e o futuro exigirem”.
Presidente da Aeam, Gilberto Donizetti Delgado: “A ideia de reunirmos a duas instituições em um único endereço fortalece a atuação dos organismos que representam os profissionais e as empresas ligadas à Construção Civil”.
Presidente da Câmara Municipal, vereador Mário Hossokawa: “A doação do terreno, pela Prefeitura, foi, específica, para a Aeam. Tivemos que criar um mecanismo para que o Sinduscon compartilhasse o espaço”.
Presidente da CBIC, José Carlos Martins: “Mais uma vez, o Sinduscon Paraná Noroeste revela o espírito pioneiro e sai na frente. É um ‘ressurgimento’ em alto estilo.
Presidente eleito do Sinduscon, Rogério Yabiku: Com o Parque Tecnológico, a entidade se prepara para o novo e está pronta para deixar mais um legado para o segmento. “A Construção Civil carece de estruturas para impulsionarem o surgimento de tecnologia e de soluções para os canteiros de obras e para os profissionais, que atuam na área. O Engenium Park ocupa esse espaço”.
Gerente do Sebrae, Regional Noroeste, Luiz Carlos da Silva: “Trabalhamos para criar ambientes favoráveis ao surgimento de equipamentos, procedimentos e mecanismo que contribuam para melhorar o desempenho das empresas”.
Consultor do Sebrae e gestor da parceria, Marcos Aurélio Gonçalves: “O Engenium Park vai reunir startups, construtechs e locais para coworking, em um verdadeiro centro de inovação multidisciplinar. Daqui vão sair importantes soluções para o mercado”.
Gerente regional do Sistema Fiep, Alexandre Destefano: “O Parque Tecnológico vai oferecer capacitação, assessoria e consultoria para impulsionar o setor, com produtos e serviços de qualidade superior, garantia assegurada e segurança confirmada”.
Secretária Municipal de Planejamento e Urbanismo de Maringá, Bruna Barbosa Barroca: “A construção civil cresceu neste ano, em Maringá, 35% em relação a 2018, com aprovação de mais de 985 mil metros quadrados, uma demonstração clara de que, por aqui, a Construção Civil deixou a crise para trás”.
Presidente da Aeam, Gilberto Delgado, cumprimenta e dá as boas vindas ao presidente do Sinduscon/PR Noroeste, Marcos Mauro Pena Filho, à nova sede, agora compartilhada com a Aeam.
O presidente do Sinduscon/PR - Noroeste, Marcos Mauro Pena Filho, cumprimenta o presidente eleito, Rogério Yabiku, cuja posse acontece no dia 1º de janeiro de 2020.
Presidente eleito do Sinduscon/PR Noroeste, Rogérgio Yabiku, recebe os cumprimentos do presidente da CBIC, José Carlos Martins.

Em uma atitude ousada e de vanguarda, a Diretoria do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Paraná – Sinduscon/PR-Noroeste, inaugurou a nova sede da entidade e fez o lançamento do Engenium Park, o Parque Tecnológico da Construção Civil de Maringá, com a inauguração do Ambiente de Inovação para Construtechs.

O novo endereço está localizado na Rua Tiradentes, 348, Vila Ipiranga. O prédio está construído em um terreno de 5,6 mil metros quadrados de área, “com espaço suficiente para a expansão que o mercado e o futuro exigirem”, nas palavras do presidente da entidade, Marcos Mauro Pena Filho.

O projeto, “além de garantir a tão necessária inovação ao setor, também terá sustentabilidade econômica. Este é um legado para construção civil da região Noroeste do Paraná”, explica Pena Filho.

Outra inovação é que o Sinduscon compartilha o local com a Associação de Engenheiros e Arquitetos de Maringá – Aeam. “A ideia de reunirmos a duas instituições em um único endereço fortalece a atuação dos organismos que representam os profissionais e as empresas ligadas à Construção Civil”, avalia o presidente da Aeam, Gilberto Donizetti Delgado.

Para que as duas entidades passassem a “dividir” o imóvel, foi necessária a aprovação de uma lei na Câmara Municipal. “A doação do terreno, pela Prefeitura, foi, específica, para a Aeam. Tivemos que criar um mecanismo para que o Sinduscon compartilhasse o espaço”, destaca o presidente da Casa Legislativa, vereador Mário Hossokawa, ao lado do vereador Sidnei Telles e Jean Marques.

NACIONAL

 A solenidade de inauguração realizada na noite do dia 20 novembro, reuniu autoridades, lideranças, associados e empresários da construção civil de diversos estados. A Diretoria do Sinduscon aproveitou a realização do Congresso Nacional de Engenharia, Construção, Tecnologia e Inovação, o Conecti, em Maringá, para apresentar a novidade a diretores de Sinduscons de várias regiões do País. “Mais uma vez, o Sinduscon Paraná Noroeste revela o espírito pioneiro e sai na frente. É um ‘ressurgimento’ em alto estilo”, comenta José Carlos Martins, presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), realizadora do Conecti, ao lado do Sinduscon/PR – Noroeste.

Para o presidente eleito do Sinduscon/PR-Noroeste, Rogério Yabiku, com o Parque Tecnológico, a entidade se prepara para o novo e está pronta para deixar mais um legado para o segmento. “A Construção Civil carece de estruturas para impulsionarem o surgimento de tecnologia e de soluções para os canteiros de obras e para os profissionais, que atuam na área. O Engenium Park ocupa esse espaço, além de ser a concretização de um sonho antigo dos diretores do Sinduscon e da Aeam”, ressalta.

PILARES

 Na viabilização do projeto do Parque Tecnológico, o Sinduscon Paraná Noroeste conta com a parceria de importantes organizações. O gerente do Sebrae, Regional Noroeste, Luiz Carlos da Silva, afirma que, investir no projeto, é cumprir a missão do Serviço de Apoio ao Empresário. “Trabalhamos para criar ambientes favoráveis ao surgimento de equipamentos, procedimentos e mecanismo que contribuam para melhorar o desempenho das empresas”, diz. O consultor do Sebrae Marcos Aurélio Gonçalves, gestor da parceria, acrescenta que o Engenium Park vai reunir startups, construtechs e locais para coworking, em um verdadeiro centro de inovação multidisciplinar. “Daqui vão sair importantes soluções para o mercado”, resume.

Alexandre Destefano, gerente regional do Sistema Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), em Maringá, acrescenta que o Parque Tecnológico vai oferecer capacitação, assessoria e consultoria para impulsionar o setor, com produtos e serviços de “qualidade superior, garantia assegurada e segurança confirmada”. O Sistema Fiep é responsável pela administração dos Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e do Instituto Euvaldo Lodi (IEL).

Na opinião da secretária Municipal de Planejamento e Urbanismo de Maringá, Bruna Barbosa Barroca, com o Engenium Park, o Sinduscon proporciona uma resposta à altura das necessidades das empresas da região. “Estamos fechando o ano com um crescimento significativo na aprovação de projetos. A construção civil cresceu neste ano, em Maringá, 35% em relação a 2018, com aprovação de mais de 985 mil metros quadrados e redução de 90 para 25 dias na análise de projetos, uma demonstração clara da retomada da atividade econômica e de que, por aqui, a Construção Civil deixou a crise para trás”, frisa a arquiteta.

ESTRUTURA

A nova sede do Sinduscon/PR-Noroeste reúne ambientes para recepção, salas da Presidência, de reuniões de Diretoria, do diretor executivo, dos setores administrativo e financeiro, locais para treinamentos, espaço gourmet e um amplo estacionamento.

O projeto da nova sede do Sinduscon e do Engenium Park foi elaborado pela equipe da Arquitetura ao Cubo. A execução coube à Kaizen Engenharia.

ENGENIUM PARK
INCENTIVA A INOVAÇÃO

O Engenium Park é um espaço para abrigar um ecossistema voltado à inovação. A estrutura é formada por uma ampla sala para abrigar construtechs e startups, sala de treinamento, auditório e espaço de coworking. O objetivo é incentivar o surgimento de negócios que desenvolvam tecnologia no setor da construção civil, ao proporcionar interação entre profissionais, empresas e academia.

As primeiras startups deverão se instalar no primeiro trimestre do ano que vem. Tratam-se dos vencedores do Ideathon Maringá, uma maratona para apresentação de soluções aos desafios da construção civil, que reuniu estudantes dos cursos de Engenharia Civil e de Desenvolvimento de Sistemas e tiveram mentorias de empresários e executivos do setor. Além da premiação em dinheiro, as três equipes vencedoras do desafio poderão se ‘hospedar’ por três meses no Engenium Park, tendo acesso a mentorias, capacitações e programa de aceleração.

Outras empresas poderão fazer parte do Parque Tecnológico da Construção Civil de Maringá, que terá edital para ingresso, também disponibilizado a partir de 2020.

Fonte: Jornalistas Claudio Galleti/CG Comunicação e
Graziela Castilho/Textualcom
Fotos: Walter Fernandes/Pólen Imagens.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *