Acordo entre Governo do Estado e Latam abre 71 novos voos no Paraná

Um acordo assinado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e o Grupo Latam Airlines vai abrir 71 novos voos semanais no Estado. A empresa destaca que haverá ampliação de 17% das operações Paraná, fazendo do Estado o quarto maior mercado da companhia no Brasil. O anúncio feito nesta sexta-feira (30/8), no Palácio Iguaçu, em Curitiba.
“Estamos trabalhando para que o Paraná tenha uma malha aérea ampla e moderna, que atenda às demandas de quem quer visitar e investir no nosso Estado. Esta parceria com uma companhia tão importante como a Latam, que acreditou no potencial do Paraná, certamente contribuirá com os nossos objetivos de desenvolvimento de todas as regiões do Estado”, afirmou o governador.
O prefeito de Maringá, Ulisses Maia, destacou que a volta de uma ligação aérea com São Paulo era um pedido antigo da cidade, desde que a antiga companhia Tam cortou os voos diários, há 11 anos.
A Latam passa a ofertar novas opções de destino a partir do Paraná. Entre elas está o voo Maringá-São Paulo (Guarulhos), antiga demanda da região Noroeste do Estado. O voo terá acesso direto via Guarulhos a outros 13 destinos da companhia no Brasil e a 14 no exterior. A companhia também amplia as operações com a criação dos voos diretos Curitiba-Rio de Janeiro (Santos Dumont) e Curitiba-Porto Alegre, além do aumento de frequências dos voos de Foz do Iguaçu para Brasília, São Paulo (Guarulhos) e Rio de Janeiro (Galeão).

Companhia abre operação em Maringá, com voo para Guarulhos, amplia operações de Curitiba para o Rio de Janeiro e Porto Alegre, e aumenta as frequências de Foz do Iguaçu para Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro. Empresa também programa novos voos internacionais.

Um acordo assinado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e o Grupo Latam Airlines vai abrir 71 novos voos semanais no Estado. A empresa destaca que haverá ampliação de 17% das operações Paraná, fazendo do Estado o quarto maior mercado da companhia no Brasil. O anúncio feito nesta sexta-feira (30/8), no Palácio Iguaçu, em Curitiba.

A Latam passa a ofertar novas opções de destino a partir do Paraná. Entre elas está o voo Maringá-São Paulo (Guarulhos), antiga demanda da região Noroeste do Estado. O voo terá acesso direto via Guarulhos a outros 13 destinos da companhia no Brasil e a 14 no exterior. A companhia também amplia as operações com a criação dos voos diretos Curitiba-Rio de Janeiro (Santos Dumont) e Curitiba-Porto Alegre, além do aumento de frequências dos voos de Foz do Iguaçu para Brasília, São Paulo (Guarulhos) e Rio de Janeiro (Galeão).

“Estamos trabalhando para que o Paraná tenha uma malha aérea ampla e moderna, que atenda às demandas de quem quer visitar e investir no nosso Estado. Esta parceria com uma companhia tão importante como a Latam, que acreditou no potencial do Paraná, certamente contribuirá com os nossos objetivos de desenvolvimento de todas as regiões do Estado”, afirmou o governador.

Ratinho Junior ressaltou também a importância da decisão da companhia de ampliar a oferta de voos internacionais. “É mais um ativo que o Estado ganha para a atração de investimentos e turistas”, disse o governador. Ele destacou que a iniciativa se soma ao programa Voe Paraná, criado pelo Governo do Estado para ofertar voos regulares ligando 12 cidades do interior do Estado à capital.

INTERNACIONAL – No mercado internacional, além do aumento de frequências do voo entre Foz do Iguaçu e Lima (Peru), a Latam vai oferecer a rota Curitiba-Assunção (Paraguai), em codeshare com a companhia aérea Paranair, e está avaliando abrir em 2020 a rota Curitiba-Santiago (Chile).

“Investimos em rotas sustentáveis, encurtando distâncias e permitindo que mais pessoas possam viajar com a companhia aérea mais pontual do Brasil. O passageiro de Maringá, por exemplo, agora vai acessar o nosso hub de Guarulhos de forma estratégica, e estará diretamente conectado a mais 13 destinos da Latam no Brasil e a outros 14 que operamos no exterior”, afirma Jerome Cadier, CEO da Latam Brasil. “É uma grande aposta no Paraná e na aviação paranaense”, completa Bruno Alessio, diretor de Planejamento Tributário da companhia.

MARINGÁ – O prefeito de Maringá, Ulisses Maia, destacou que a volta de uma ligação aérea com São Paulo era um pedido antigo da cidade, desde que a antiga companhia Tam cortou os voos diários, há 11 anos.

“Isso ajuda demais o desenvolvimento não só de Maringá, mas de toda a região”, diz. Maia explica que a prefeitura está investimento R$ 90 milhões na reformulação do aeroporto da cidade, com a ampliação da pista e a modernização do terminal de embarque.

TURISMO – Secretário da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex ressalta que as novas rotas significam uma contribuição importante para a ampliação do turismo no Estado, uma das grandes apostas do Governador Ratinho Junior. “Devemos fechar 2019 com 500 mil pessoas a mais voando pelo Paraná, movimentando significativamente o turismo e a economia”, afirma. “O turismo depende desse ir e vir, e agora o turista encontra mais facilidade para chegar ao Paraná”, acrescenta Márcio Nunes, secretário do Desenvolvimento Sustentável e Turismo.

PRESENÇAS – Participaram da audiência de formalização do acordo entre o Estado e a Latam o vice-governador Darci Piana; os secretários Guto Silva (Casa Civil), João Carlos Ortega (Desenvolvimento Urbano), Rômulo Marinho (Segurança Pública) e Valdemar Jorge (Planejamento e Projetos Estruturantes); o presidente da Agência de Desenvolvimento do Paraná, Eduardo Bekin; o presidente da Paraná Turismo, Jacob Mehl; os prefeitos Marli Paulino (Pinhais) e Junior da Femac (Apucarana); o deputado estadual Soldado Fruet; o superintendente do Aeroporto Afonso Pena, Antônio Pallú; o presidente da Associação Comercial do Paraná, Gláucio Geara; e o presidente da Ocepar, José Roberto Ricken.

VOE PARANÁ
Voe Paraná abre rotas entre Curitiba e 12 cidades do Interior

O pacote aéreo regional lançado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior em agosto vai atender 12 cidades paranaenses, de todas as regiões do Estado. Neste primeiro momento, os municípios beneficiados são Paranaguá, Arapongas, Apucarana, Guarapuava, Campo Mourão, Francisco Beltrão, Paranavaí, Cianorte, Telêmaco Borba, Cornélio Procópio, União da Vitória e Guaíra.

Fonte: AEN/PR – Fotos: Rodrigo Félix Leal e Arnaldo Alves/AEN/PR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *