Cultura repassa livros à Secretaria da Mulher

Visando o fortalecimento de políticas públicas no campo do livro, leitura e literatura, a Secretaria Municipal de Cultura repassou em torno de 50 livros à Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres. Foi na manhã dessa terça-feira (25), na sede da Cultura, no Teatro Calil Haddad.

O repasse foi feito pelo secretário de Cultura, Victor Simião, à secretária da Mulher, Terezinha Pereira. A gerente de livro, leitura e literatura da Cultura, Thays Pretti, e a diretora de enfrentamento à violência, Nivalda Teixeira, participaram da entrega.

Os livros serão utilizados em atividades da Secretaria da Mulher. As obras foram obtidas por meio de doações à Cultura. Nos mais de 50 livros, havia exemplares de literatura infanto-juvenil, volumes de contos, nacionais e internacionais. Trabalhos escritos por maringaenses também foram encaminhados.

“É uma ação de formiguinha, mas necessária. Fico imaginando quantas pessoas, por meio das atividades a serem desenvolvidas, serão impactadas. De maneira direta e indireta, fortalecemos a arte e a cultura”, diz o secretário Victor Simião.

A secretária da Mulher, Terezinha Pereira, diz que os livros serão destinados à Casa Abrigo. “A Cultura é fundamental para a desconstrução da dominação entre os gêneros. O que queremos, nessa parceria, é que a Casa Abrigo seja um ambiente de livros. Porque a leitura é essencial, e é um instrumento de ação, formação e informação. O conhecimento é libertador”, afirma a secretária.

Nesta terça-feira, o secretário e a secretária também discutiram a realização de atividades em conjunto, fortalecendo as políticas públicas de ambos os setores.

Cultura tem repassado livros

 Neste ano de 2021, a Cultura tem repassado livros e auxiliado na criação de espaços de leitura em diversas secretarias municipais. A Assistência Social e a Segurança, por exemplo, receberam em torno de 200 obras.

“O prefeito Ulisses Maia tem nos apoiados. Ele é um dos principais incentivadores de ações entre as secretarias. Quem ganha com isso são os servidores e a população de modo geral”, diz Simião.

Fonte: Siacom/PMM – Foto: Divulgação/PMM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *