MEIO AMBIENTE – Primeiro ecoponto promoverá destinação correta de lixo

 

O primeiro ecoponto, no Jardim Piatã, será mais uma ação sustentável da Prefeitura de Maringá para destinação correta de resíduos, responsabilidade individual sobre o lixo produzido e geração de renda às cooperativas. Dois contêineres de 12 metros, com repartições para cada material, foram instalados no local para receber recicláveis e inservíveis, como eletrônicos, resíduos de construção civil e volumosos (móveis, sofás, colchões). O ecoponto deve começar a funcionar este mês e está instalado na Rua Rio Samambaia, esquina com a avenida Tuiuti

Moradores dos bairros da região foram orientados sobre o descarte do lixo no local. “Basta levar o material autorizado até o ecoponto e depositar no contêiner indicado. Os resíduos serão coletados e encaminhados para a destinação adequada. Cada material tem um limite semana/ mensal por pessoa”, esclarece o secretário de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal, Marco Antônio Azevedo.

A operação vai seguir modelo aplicado com sucesso em outras cidades.  “Vamos testar um modelo e fazer as adaptações necessárias para então replicá-lo em outros cinco ecopontos que serão instalados ao longo do ano”, afirma Marco Antônio. O funcionamento será de segunda a sexta, das 8h às 17h. Veja o manual do ecoponto aqui. http://www2.maringa.pr.gov.br/sistema/arquivos/05fb3e234539.pdf

O projeto representa o enfrentamento de um problema contemporâneo relacionado ao lixo. A Prefeitura de Maringá recolhe média 5 toneladas de materiais descartados irregularmente todos os dias em ruas, avenidas, terrenos, praças e fundos de vale. Além de poluir o meio ambiente, o material contribui com enchentes, com a proliferação do mosquito transmissor da dengue, e outros animais como ratos e baratas.

Fonte: Diretoria de Comunicação – Foto: Aldemir de Moraes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *