O que pode abrir neste feriado e no final de semana em Maringá

A Prefeitura de Maringá informa que continua em vigor, até as 23h59 do dia 11 de junho, o decreto municipal nº 1063/2021, em consonância com o decreto estadual nº 7.716/21, com medidas de contenção em razão da pandemia da Covid-19.

Entre as principais medidas, estão o Toque de Recolher no período das 20 às 5 horas, diariamente. No mesmo horário, fica proibida a comercialização e o consumo de bebidas alcoólicas em espaços de uso público e em estabelecimentos. O não cumprimento da medida pode gerar multas para consumidores e empresas.

Ficam suspensos eventos, reuniões e celebrações, exceto aqueles autorizados pela Secretaria de Inovação. Fica proibida no feriado, sábado e domingo, a utilização de áreas de lazer públicas, para esportes e lazer.

Feriado, 3 de Junho e domingo, 6 de junho
O que pode funcionar:

-Somente por delivery até as 23 horas:  bares, restaurantes, lanchonetes, food trucks, sorveterias, pizzarias, petiscarias, lojas de açaí, carrinhos de lanches e similares;
-Mercados, padarias, açougues e similares apenas por delivery até as 23 horas;
-Farmácias;
-Distribuidoras de água e gás;
-Clínicas médicas e veterinárias (somente para atendimento de urgência e emergência);
-Segurança privada;
-Postos de combustível (exceto lojas de conveniência);
-Prestação de serviço de natureza emergencial;

Sexta-feira, 4 de Junho
O que pode funcionar:

-Comércio de rua, galerias, centros comerciais e prestação de serviços: das 9 horas às 18 horas;
-Shopping centers, das 11 horas às 20 horas;
-Bares e restaurantes, presencialmente, entrada até as 20 horas e saída até as 21 horas (sem novos pedidos entre as 20h e 21); delivery até as 23h
-Supermercados até as 20 horas
-Academias de ginástica para práticas esportivas individuais ou coletivas, das 6 horas às 20 horas, com limitação de 30% da capacidade;
-Salões de beleza, barbearias, clínicas de estética até as 19 horas;
-Lojas de conveniências e disk-bebidas até as 20 horas;
-Pet shops e lojas agropecuárias até as 20 horas;
-Serviços de banho e tosa até as 19 horas;
-Feiras livres e feira do produtor até as 20 horas;

Sábado, 5 de Junho
O que pode funcionar:

-Supermercados, mercados, mercearias, quitandas, açougues, padarias e peixarias: Autorizados até 20 horas. Proibido consumo no local e venda de bebidas alcoólicas geladas;
-Somente por delivery até as 23h: bares, restaurantes, lanchonetes, food trucks, sorveterias, pizzarias, petiscarias, lojas de vendas de açaí, carrinhos de lanches e similares;
-Farmácias;
-Distribuidora de água e gás;
-Postos de combustíveis, com exceção das lojas de conveniência;
-Clínicas médicas e veterinária somente para atendimento de urgência e emergência;
-Laboratório de análises clínicas, radiologia e congêneres;
-Indústrias;
-Telecomunicações e Tecnologia da Informação para casos emergenciais;
-Processamento de dados ligados a serviços essenciais;
-Segurança privada;
-Transporte e entrega de cargas de produtos essenciais;
-Serviços de manutenção, assistência de automotores terrestres ou bicicletas, com atendimento somente de emergência;
-Prestação de serviço de natureza emergencial;

Fonte: Diretoria de Comunicação/Siacom – Foto: Divulgação/PMM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *