Prefeitura assina contratos com 21 novas empresas do Parque Industrial

Parque Industrial Felizardo Meneguetti recebe 21 novas empresas
Vice-prefeito Edson Scabora: “Estamos empenhados em desburocratizar e apoiar quem investe na cidade”
Secretário Marcos Cordioli: “Maringá caminha para ser um centro logístico da América do Sul e trabalhamos para internacionalizar a nossa economia”
Secretário Francisco Favoto, elogiou os empresários pelos investimentos
O vereador Sidnei Telles disse que o Legislativo trabalha para ajudar os empreendedores
Ricardo Jamil, da Cimflex Indústria de Plásticos, falou em nome dos empresários e elogiou a estrutura do Parque Industrial

A Prefeitura de Maringá assinou na tarde de quarta-feira (21/7), os contratos de 21 novas empresas que se instalarão no Parque Industrial Felizardo Meneguetti. Elas adquiriram 22 terrenos e começarão a construir aproveitando benefícios do Programa de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Prodem). “Estamos empenhados em desburocratizar e apoiar quem investe na cidade”, comentou o vice-prefeito Edson Scabora.

Os empresários participaram do evento e receberam uma perspectiva bem positiva de seus investimentos. Foram apresentadas melhorias que acontecerão na região, como ampliação de atividades do Aeroporto Regional, continuidade da avenida Carlos Borges que chegará até o Parque Industrial Felizardo Meneguetti, o novo Contorno Sul Metropolitano, entre outras situações, que facilitarão a logística das companhias e valorizarão os terrenos.

“Maringá caminha para ser um centro logístico da América do Sul e trabalhamos para internacionalizar a nossa economia. A cidade crescerá mais ainda”, anunciou o secretário de Inovação, Aceleração Econômica, Turismo e Comunicação, Marcos Cordiolli. O secretário de Trabalho, Renda e Agricultura Familiar, Francisco Favoto, elogiou os empresários pelos investimentos, apresentou sua equipe e se colocou à disposição para ajudar em alguma necessidade.

APOIO – O vereador Sidnei Telles disse que o Legislativo trabalha para ajudar os empreendedores, que Maringá terá um grande crescimento industrial e elogiou os benefícios do Prodem. Ricardo Jamil, da Cimflex Indústria de Plásticos, falou em nome dos empresários e elogiou a estrutura do Parque Industrial, agradeceu o apoio e benefícios recebidos e disse que o sucesso acontece quando o poder público e o privado trabalham em sintonia.

As 21 empresas investirão em torno de R$ 55 milhões no total, com estimativa de gerar mais de 720 novos empregos. O Parque Industrial totaliza 222 terrenos vendidos para 143 empresas.

Entre as atividades dos novos empreendimentos estão agricultura, metais, transportes, frigorífico, usinagem, eletrônicos, estamparia, papelaria, letreiros, luminosos, peças automotivas, comunicação visual, ar-condicionado, embalagens plásticas, entre outros.

As empresas receberão os benefícios do Programa de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Prodem), conforme Lei nº 6.936/2005, como:

• Isenção por 10 anos, do IPTU – Imposto Predial e Territorial Urbano;
• Desconto de 50% no valor do ITBI – Imposto de Transferência de Bens Imóveis;
• Preparação do terreno destinado à implantação do empreendimento, com movimentação interna de terra;
• Isenção do ISSQN – Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza, sobre o projeto de construção civil; e
• Alienação do imóvel subsidiado (desconto de 60% a 90%).

A assinatura dos contratos é o resultado de mais uma mobilização da gestão Ulisses Maia na retomada da economia maringanese na pandemia de coronavírus. Também participaram da solenidade o vereador Cristian “Maninho”, representantes da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim), Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem), diretores, superintendentes e servidores das secretarias municipais envolvidas, entre outros.

Fonte: Andye Iore/Siacom – Fotos: Aldemir de Moraes/PMM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *