UEM participa de encontro com o ministro da Educação

Reitor da UEM, Júlio Damasceno, presentou o ministro da Educação, Milton Ribeiro, com um exemplar da Revista “UEM 50 Anos”
Prefeito do Câmpus da UEM, Carlos Tamanini (esquerda); Marcelo Pontes (centro), presidente do FNDE e o reitor Júlio Damasceno
O ministro da Educação, Milton Ribeiro, participou de reunião com prefeitos e secretários de municípios paranaenses, na manhã de sexta-feira (21), em Maringá. O reitor da UEM, Júlio Damasceno, compareceu ao evento destinado a apresentar os programas e investimentos disponíveis pelo Ministério da Educação (MEC).

A reunião também contou com a presença do presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Marcelo Lopes da Ponte, juntamente com sua equipe, os quais realizaram atendimentos individuais e tiraram dúvidas dos prefeitos e secretários municipais de Educação.

Para o reitor Júlio Damasceno a visita de Ribeiro foi importante, pois pôde esclarecer e ampliar a visão dos prefeitos e secretários da educação, a visar melhor aproveitamento dos programas do ministério, “podendo garantir aos estudantes ensino básico de excelência, oferecendo melhor suporte para a entrada deste aluno no ensino superior”, justifica Damasceno.

O evento foi uma oportunidade para o reitor da UEM apresentar a universidade ao ministro, a história de sua evolução, e os cursos e serviços oferecidos à comunidade de Maringá e região.

Na ocasião, Damasceno solicitou a Milton Ribeiro a manutenção de programas ligados ao MEC como o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid), Programa Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor) e Programa de Educação Tutorial (PET), importantes para a formação dos alunos dos cursos de licenciatura, conferindo aos egressos uma qualidade profissional distinta.

Além do mais, foram requeridos recursos para a manutenção e expansão do Programa de Apoio à Pós-Graduação (Proap).

O prefeito do Câmpus, Carlos Tamanini, participou de reunião técnica com integrantes do FNDE, para buscar auxílio em pesquisas e expor as demandas da universidade quanto às obras financiadas pelo Fundo Nacional.

A UEM aguarda a liberação de recursos de convênios aprovados pelo FNDE para investir na melhoria da infraestrutura dos Câmpus da universidade, como por exemplo a construção da Praça Central e Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati), ambos no Câmpus Sede.

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, comprometeu-se a estudar, dar os encaminhamentos necessários e assim, atender às demandas da UEM.

Fonte: Camila Cantoia Dorna/ASC/UEM – Fotos: Divulgação/UEM

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *