“Unidos venceremos. Divididos, cairemos”

 

(*) por Michel Felippe Soares

Na Grécia Antiga, o escritor Esopo, famoso por suas fábulas, disse que “unidos venceremos. Divididos, cairemos”. Mais de dois mil anos depois, a frase não apenas é atual, mas explica o sucesso de várias iniciativas da Acim. É que nossos projetos são baseados no associativismo.

Esse trabalho de união fica evidente no programa Empreender, que une micro e pequenos empresários em núcleos setoriais e multissetoriais para aumentar a competitividade. Acreditamos tanto nessa fórmula, de união com o acompanhamento de consultores da Acim, que nosso programa é o maior do gênero do Brasil, com 65 núcleos e cerca de mil empresas participantes.

Os resultados do programa foram decisivos, inclusive, para que a Acim fosse premiada como uma das três associações brasileiras reconhecidas pela Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (Cacb) com o prêmio ‘Desenvolvimento local’. É uma premiação voltada a entidades que contribuem com o desenvolvimento local e o empreendedorismo nos municípios em que estão instaladas.

Também foi graças ao Empreender que fui convidado a representar a Acim em um evento em Paris, na França, para compartilhar boas práticas de associativismo e união desenvolvidas em nossa entidade. Foi um evento realizado pelo Al-Invest, um dos programas de cooperação econômica mais bem-sucedidos da União Europeia na América Latina para apoiar as empresas de micro, pequeno e médio portes. Nesse evento também apresentei um projeto que estamos desenvolvendo na entidade: um laboratório de inovação que vai usar o design sprint. Trata-se de uma metodologia desenvolvida por uma das empresas do Google, que tem cinco etapas divididas em cinco dias para testar uma ideia a partir de um problema ou desafio. A ideia é ajudar associados e startups.

E já que estamos falando da Acim, no mês passado conquistamos a certificação internacional ISO 9001, que atesta a qualidade do sistema de gestão. Em Maringá apenas 35 empresas têm essa certificação. Para consegui-la, foi preciso mapear, formalizar e melhorar processos internos e verificar a satisfação dos associados.
Também adotamos um sistema de monitoramento de indicadores de desempenho atrelado ao planejamento gerencial e temos uma equipe interna de auditores para assegurar a eficiência e padronização dos processos e garantir, de forma contínua, a melhoria do sistema de gestão da qualidade.

Foi um ano de trabalho que envolveu colaboradores e diretores. E o resultado foi a conquista dessa certificação que é referência mundial e que vai garantir ainda mais qualidade de serviços aos nossos associados.

(*) Michel Felippe Soares é presidente da Associação Comercial e Empresarial de Maringá – Acim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *