Empreendedoras têm até dia 31 para aderir à linha de crédito com juros reduzidos

A iniciativa prevê empréstimos de até R$ 50 mil com juros de 0,49% ao mês, com 6 meses de carência e 36 meses para pagamento.
Camila Farani, empresária, investidora e criadora do Ela Vence

Programa do hub Ela Vence desenvolvido em parceria com a fintech Parciom terá crédito de até R$ 50 mil com taxas de juros de 0,49% ao mês

O hub Ela Vence, projeto focado em capacitação, conexões, inovação e desenvolvimento econômico de mulheres brasileiras, fechou uma parceria com a fintech Parciom para oferecer crédito a taxas diferenciadas para empreendedoras.

A iniciativa prevê empréstimos de até R$ 50 mil com juros de 0,49% ao mês, com 6 meses de carência e 36 meses para pagamento. Podem pleitear os recursos as microempreendedoras Individuais (MEI) e também Micro e Pequenas Empresas com faturamento de até R$ 4,8 milhões em 2019.  O prazo para aderir vai até 31 de dezembro de 2020.

As garantias são dadas com base nas operações de vendas efetuadas via cartão de crédito, débito e modalidade pré-paga. As parcelas mensais são fixas e serão pagas mediante descontos em recebíveis até o limite de 8%. O único empecilho para pleitear o crédito existe se os recebíveis atrelados às operações de crédito e débito já tiverem sido dados como garantia de outro empréstimo.

A empresa deve também apresentar faturamento comprovado nos últimos 60 dias, ter informações disponíveis e regulares na Receita Federal e estar enquadrada nos portes MEI, ME ou MPE ao longo de 2019.

“O acesso a crédito e produtos financeiros aparece entre as principais dores das empreendedoras no país. Isso inclui, por exemplo, a dificuldade de obtenção de empréstimo por não se enquadrarem algumas exigências ou mesmo pelas taxas que tornam o custo um impeditivo na obtenção. Com essa parceria queremos levar uma oportunidade real para que mais empreendedoras tenham a possibilidade ter acesso a crédito para uso consciente aplicável nos negócios neste momento tão desafiador para os negócios”, afirma Camila Farani, empresária, investidora e criadora do Ela Vence.

Em pesquisa feita com 641 mulheres pela Innovaty, braço de inteligência de negócios do grupo liderado por Camila Farani, acesso a crédito e produtos financeiros aparece entre as 5 maiores dificuldades para as empreendedoras brasileiras.

Crédito democratizado
A Parciom nasceu em 2018 como uma plataforma de serviços financeiros dedicada a pequenas empresas e profissionais de vendas. Desde a fundação, já avaliou mais de R$ 200 milhões em propostas de crédito e meios de pagamento e está presente em todos os estados do país. “Queremos democratizar o acesso ao crédito para que mais empreendedoras tenham a possibilidade de usar crédito consciente para a perpetuidade do negócio”, afirma Conrado Pontes, CEO da Parciom.

 A parceria com o Ela Vence busca dar capilaridade aos recursos que fazem parte do programa PEAC do BNDES, que tem até R$ 10 bilhões em crédito para pequenas empresas. No entanto, por falta de instituições que dessem visibilidade ou capilaridade aos recursos, apenas R$ 500 milhões foram alocados até agora. Também compõe o acordo a BMP, instituição financeira habilitada pelo BNDES para participação no programa.

“O Ela Vence tem também um compromisso de desenvolvimento econômico e social importante com as mulheres empreendedoras. A parceria com a Parciom vem justamente nessa direção, à medida que apresenta condições de acesso e custo para o capital que pode ser fundamental na fase de crescimento ou solidificação do negócio”, afirma Camila Farani.

Por meio da parceria com o Ela Vence, as empreendedoras interessadas encontrarão no próprio portal do Ela Vence um link para o pré-cadastro de interesse. A Parciom dedicará sua equipe ao entendimento, esclarecimento de dúvidas e formalização da contratação.

Lançado em novembro, no Dia Mundial do Empreendedorismo feminino, o Ela Vence atua sobretudo nas frentes de educação empreendedora, compartilhamento de melhores práticas – por meio de casos de sucesso e notícias do setor -, inovação, parcerias e círculo de investimentos, para conectar investidoras a mulheres líderes de startups. A expectativa é impactar ao menos 500 mil mulheres ao longo dos próximos 12 a 18 meses considerando todas as iniciativas.

Sobre Camila Farani
Com mais de 17 anos de experiência em empreendedorismo e investimentos, Camila Farani é sócia-fundadora da G2 Capital, boutique de investimentos que atualmente conta com mais de 40 startups em seu portfólio. É fundadora da Innovaty, do ramo de educação empreendedora e Business Intelligence, e do Grupo Boxx, de alimentação.

Também é investidora individual e hoje atua em negócios que movimentam cerca de R$ 250 milhões por ano.  Desde 2016 como um dos “tubarões” do programa de TV Shark Tank Brasil, Camila é a única mulher reconhecida como a melhor Investidora-Anjo no Startup Awards em 2016 e 2018, prêmio concedido pela Lavca – maior entidade de venture capital da América Latina. É advogada, com pós-graduação em Marketing e especializações em Empreendedorismo e Inovação pela Universidade Stanford, na Califórnia, e pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Fonte: Jornalista Rômulo Madureira/Inkcomunicação – Fotos: Divulgação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *