Maringá se despede do jornalista Verdelírio Barbosa

O dia 13 de outubro de 2021 está marcado na imprensa e na história de Maringá, que perdeu seu mais antigo jornalista em atuação

Maringá se despede do jornalista Verdelírio BarbosaVerde foi um cidadão e profissional exemplar. Desde novo tomou gosto pela imprensa e com sua credibilidade, inspirou confiança em milhares de leitores ao transmitir sempre a veracidade dos fatos

Especial por
Dayani Barbosa

O dia 13 de outubro de 2021 está marcado na imprensa e na história de Maringá, que perdeu seu mais antigo jornalista em atuação, o diretor geral do Jornal do Povo, Verdelírio Barbosa, que faleceu e deixou seu legado

Sempre cordial, VERDE, como era carinhosamente chamado, provou que sua trajetória de vida valeu cada minuto de seus 80 anos, recebendo muitas homenagens durante sua despedida na terra em um último adeus comovente, que reuniu centenas de pessoas e refletiu sua credibilidade e lealdade aos amigos, através das mais de 40 coroas de flores recebidas.

As mensagens enlutadas vieram de diversos setores e o carinho por sua história se fez presente em cada pessoa que passou por seu velório no dia 14, no salão principal do Prever e acompanhou o cortejo fúnebre até o Cemitério Municipal de Maringá. Além de autoridades, empresários, amigos e familiares, muitas pessoas que não o conheciam pessoalmente, mas o acompanhavam nos tempos do rádio, pelos programas de televisão, pelo jornal impresso, nas caminhadas diárias no Parque do Ingá e nas missas da Catedral foram se despedir, comprovando que o VERDE era único.

TRAJETÓRIA MARCANTE

Nascido em 31 de março de 1941, natural de Potirendaba, São Paulo, Verdelírio Barbosa chegou em Maringá ainda garoto com seus pais José Firmino Barbosa e Maria Cassiano da Fonseca e os irmãos Antônio, Judite, Maria José e Cleuza.

Formado em direito e provisionado jornalista, Verde foi um cidadão exemplar. Desde novo tomou gosto pela imprensa e com sua credibilidade, inspirou confiança em milhares de leitores ao transmitir sempre a veracidade dos fatos, aliada a sua crítica construtiva. Do início da década de 60 até a segunda semana de internação no Hospital Paraná, Verdelírio escreveu quase que diariamente sua coluna.

Durante muitos anos atuou também como advogado, tendo sido procurador jurídico do município na gestão Silvio Barros (1973-1976). Atuou ainda no rádio maringaense, comandando programa diário na Rádio Cultura, das 11h às 12h. Foi colunista de O Diário do Norte do Paraná, O Jornal (do qual chegou a ser sócio) e Jornal do Povo, além de semanários. Fez parte da bancada que apresentava o telejornal da TV Maringá (Band) nos anos 90 e comandou outros programas jornalísticos na mesma emissora. Verde foi governador do LD-6 do Lions Clube (1999-2000) e era Cidadão Honorário do Paraná.

AMIGO LEAL

Maringá se despede do jornalista Verdelírio Barbosa
Todo dia 31 de março de cada ano, o VERDE fazia questão de reunir os amigos para comemorar o aniversário dele e do Jornal do Povo

A grande marca do VERDE é sem dúvida sua facilidade em fazer e manter amigos, sempre valorizou as pessoas e por isso sempre foi ajudado por muita gente, ajudando também qualquer pessoa que se aproximasse dele. A família, mesmo os mais distantes, também guarda com carinho cada momento vivido ao lado dele. Os filhos tiveram o privilégio de conviver diariamente com o pai, durante a semana no Jornal do Povo e aos domingos nos tradicionais almoços que sempre tinham à mesa seu arroz com “rapinha queimada” e a companhia do único neto Enrico.

Com o tempo colecionou amigos e parceiros, dos quais sempre tinha muito orgulho. VERDE sempre valorizou seus amigos e por isso foi ajudado por muitos deles. Sua vocação sempre foi de jornalista e não de empresário que lucrava com a notícia. Isso que o fez entrar para a história colecionando amigos e o respeito de todos.

AMOR PELO JORNALISMO 

Reconhecido pela área da imprensa, autoridades e população, Verdelírio Barbosa foi sem dúvida um dos nomes mais importantes do jornalismo maringaense, com forte atuação na área política.

Bem informado e relacionado em todos os meios, Verde escrevia sua coluna diária no Jornal do Povo, repassando as informações privilegiadas aos leitores. Sem medo de expor sua opinião crítica sempre relatou os bastidores da política e pontuou seu ponto de vista sobre todos os assuntos. Essa marca é um dos seus legados.

Maringá se despede do jornalista Verdelírio BarbosaCom 60 anos de profissão atuou em todos os meios de comunicação (rádio, televisão e impresso), sem esconder sua paixão pelo jornal impresso, defendendo sua importância e lutando por sua existência e atravessando todas as barreiras impostas ao formato papel geradas pela mídia eletrônica. “O impresso traz confiança, informação completa, credibilidade e prazer na leitura”, definia.

JORNAL DO POVO

Maringá se despede do jornalista Verdelírio BarbosaAos 50 anos de idade, quando muitos pensam em aposentadoria, Verdelírio ousou e em 1991 fundou o Jornal do Povo, hoje o único impresso que circula diariamente em Maringá e região. Com 30 anos de história o matutino representa a personalidade de seu fundador, mantendo uma linha editorial imparcial, uma equipe apaixonada pelo impresso, leitores fiéis e parceiros comerciais que reconhecem a importância da notícia escrita que traz a veracidade dos fatos.

Fonte: Jornalista Dayani Barbosa – Fotos: Divulgação.

A HISTÓRIA CONTINUA

Maringá se despede do jornalista Verdelírio BarbosaA HISTÓRIA CONTINUA – Sempre ao lado do pai, mestre e chefe, os filhos Danyani, Dayani e Deny seguem o legado do Verde

Sempre acompanhando a trajetória profissional do pai, os filhos Danyani, Dayani e Deny trilharam o mesmo caminho e amor pelo jornalismo impresso. Atuando desde jovens ao lado de Verdelírio, as meninas são formadas em jornalismo e o filho em Direito, sendo conduzidos pelo pai, mestre e inspiração por todos os departamentos do Jornal do Povo.

O compromisso da família Barbosa é prosseguir e honrar o legado do pai que sempre trabalhou com dedicação, competência, respeito, ética e muito profissionalismo à frente do Jornal do Povo.

“Todos os dias de trabalho serão em respeito ao nosso amado pai. Nossa dedicação e compromisso com a informação manterão viva sua incrível e reconhecida trajetória de vida”, afirmam os Barbosas.

Agradecimentos

Maringá se despede do jornalista Verdelírio BarbosaA família Barbosa enlutada e com pesar profundo, agradece todas as manifestações de carinho com o exemplo de pai e jornalista Verdelírio Barbosa demonstradas durante sua vida e também em sua despedida.

Além dos amigos, familiares, funcionários do Jornal do Povo e  população em geral, agradecemos as mensagens do Senado Federal, Câmara dos Deputados, Amusep, Assembleia Legislativa do Estado do Paraná, Prefeitura de Maringá, Câmara Municipal, Única Propaganda, Transporte Coletivo Cidade Canção (TCCC),  Cidade Verde e Expresso Maringá, Usina Santa Terezinha, Associação dos Ex-Governadores do Lions Clube, Acim, Restaurante Monte Líbano, Unicesumar, Jornal O Maringá, Conterpavi, Lions Clube Pioneiros, Condomínio Hyde Park, Klockner Leilões, Sistema Faep/Senar, Folha de Londrina, Grupo RIC, Distrito LD-6 do Lions International, Hotel Metrópole, Raymundo Vermelho Advogados, Lions Clube Maringá, Grupo Monolux, Centro Português de Maringá, Lions Clube Maringá Cidade Canção, Cida, Ricardo Barros e Maria Victória, Ulisses Maia e Família, Família Antônio Facci, Família Tamagi, Rose e Diniz Neto, Patrícia e Enzo Silva, Família El Ghezz, Família Abujanra, Edalvo Garcia e Família, Família Penachi, Edmundo e Késia Albuquerque, Família Matos e Silva, Léo Ruggeri e Família, Família Nogaroli, Sistema Prever, Unimed, Hospital Paraná e aos médicos Lilian Tiemi Kuramishi, Sérgio Grava e Cesar Bandeira.

2 comments

  1. Ao querido Verde,nosso agradecimento pela vida jornalística é amizade.
    Sentiremos muito sua ausência física, seu sorriso,seu carinho de cunhado,mas seremos confortardos por seu amor e sempre cordial respeito às pessoas.
    Sdds infinitas.
    Descanse em paz ,bravo jornalista.

  2. Meus sinceros sentimentos a todos, familiares e amigos sinceros , porque tem amigo que e mais chegado do que irmãos, e perder pessoas tão importante da nossa trajetória de vida…e realmente uma perca irreparável ,mas crendo no Deus que governada e o chamou.Pra mim ele teve grande importância …foi meu ajudador,um grande amigo…que
    Deus o recompense em nome de Jesus Cristo 🙌

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *